A essencial ajuda nos bastidores

Fotos: Divulgação#Capacitação dos voluntários ocorreu nas seis sedes

Durante uma Copa do Mundo da FIFA, todos os olhares estão voltados para o campo. E nada mais natural do que jogadores, bola e torcida assumam o papel de atores principais do espetáculo. Mas um evento de tal porte não envolve apenas aquelas milhares de pessoas presentes no estádio.

É algo que mexe com milhões de pessoas, que transforma a rotina de uma cidade inteira. No caso do Brasil, 12 cidades durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e seis durante a Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013.

Para garantir que tudo funcione bem, a atuação dos voluntários é essencial. São eles os responsáveis por fazer todo o sistema funcionar. Um sistema de suporte a torcedores, turistas, moradores e visitantes. Na Copa das Confederações, os voluntários vão atuar em Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.

A estimativa é de que, ao todo e levando em consideração também as cerimônias de abertura e encerramento, sete mil pessoas mobilizadas. A qualificação dos selecionados pelo Programa Brasil Voluntário foi realizada com fases de capacitação online e presencial, em que foram abordados temas como hospitalidade e acolhimento, história e cultura das sedes, segurança e primeiros-socorros.

Dentro de cada uma dessas cidades, eles ajudarão a atender e orientar os visitantes, além de diversas outras funções. Aqueles que forem selecionados estarão disponíveis para ajudar em pontos turísticos, áreas de fluxo (como shopping centers), aeroportos, rodoviárias, festas públicas. Além, é claro, de ajudar em toda a parte operacional dos eventos.

» Conheça também o programa de voluntários da FIFA