Apex-Brasil apresenta projeto Copa para entidades parceiras e lança página no Facebook

18/03/2013 - 15:31
Ações de promoção comercial serão desenvolvidas em parceria com entidades de vários setores da economia brasileira

 #Clique na imagem para conhecer <BR>a fan page do projeto Apex na CopaA Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) apresentou às entidades parceiras, nessa quinta-feira (13.03), em São Paulo, o Projeto Copa do Mundo FIFA 2014. O evento reuniu 80 entidades de diversos setores da economia brasileira e colaboradores da agência.

O presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges, ressaltou a importância da participação das entidades. “Precisamos aproveitar essa oportunidade como entidade, como país, para gerar negócios. Nosso time tem 80 jogadores, congrega vários setores e, neste projeto, teremos a oportunidade de mostrar para o mundo produtos e serviços de um Brasil inovador, criativo e competitivo”, afirmou Borges, durante a cerimônia de abertura

O acordo assinado com a FIFA permitirá que a Agência realize ações de promoção comercial na Copa das Confederações, em 2013, e na Copa do Mundo da FIFA, em 2014.

O Projeto Copa do Mundo FIFA 2014, desenvolvido pela Apex-Brasil, prevê primeiramente ações na Copa das Confederações, a se realizar de 15 a 30 de junho de 2013. O projeto contempla a participação de compradores internacionais e formadores de opinião nos jogos e em agenda de negócios durante a temporada. “É mais um projeto audacioso da Apex-Brasil e este tem o poder explosivo do futebol brasileiro. Não tem nada melhor do que o relacionamento pessoal com o cliente. O marketing de relacionamento nos aproxima e nos faz vender. Em 2011, participamos do Projeto Carnaval e conseguimos elevar as vendas em 15%”, contou o presidente do Sindicato das Indústrias de Fibras Vegetais do Estado da Bahia (Sindifibras), Wilson Andrade.

“Não existe setor que não se interesse pela Copa. Tenho certeza de que teremos um evento atraente e eficiente para gerar negócios”, afirmou o gerente executivo do INP (Instituto Nacional do Plástico), Marco Wydra.

A Copa das Confederações deverá mobilizar mais de mil compradores estrangeiros e formadores de opinião. Estima-se que a Copa do Mundo mobilize o dobro desse número.

Segundo dados do governo federal, a Copa do Mundo 2014 deverá agregar R$ 183 bilhões ao PIB do Brasil até 2019.

Facebook
A Apex-Brasil publicou nesta sexta-feira (14.03), uma fan page do projeto Apex na Copa no Facebook. O objetivo é divulgar as oportunidades de negócios que poderão surgir durante as duas competições e o trabalho da Agência para ampliar a corrente de comércio do Brasil com os diversos países que participarão dos eventos esportivos.

» Conheça a fan page do projeto Apex na Copa

Expertise
A Apex-Brasil já desenvolve duas ações baseadas no marketing de relacionamento: o Projeto Fórmula Indy e o Projeto Carnaval. Formato semelhante será usado no Projeto Copa do Mundo FIFA 2014. Na temporada 2012 da Fórmula Indy, o projeto contou com a participação de 345 empresas estrangeiras, 163 empresas brasileiras e 26 entidades, gerando uma estimativa de negócios de US$ 1,1 bilhão para os próximos 12 meses. A edição 2012 do Projeto Carnaval teve a participação de 250 compradores estrangeiros, 25 países representados e 34 entidades brasileiras. A expectativa de negócios para os 12 meses seguintes foi de US$ 941,628 milhões.

Fonte: Apex-Brasil

Notícias Relacionadas

Visitantes gastaram US$ 6,9 bilhões no país. O resultado teve forte influência da Copa do Mundo
+
Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Federação Alemã lembra derrota em casa, em 2006, e Podolski afirma que é preciso respeitar a “amarelinha”
+
Foram 35 milhões de Tweets e mais de 200 milhões de comentários no Facebook
+