Apex-Brasil trará 2.300 estrangeiros para fazer negócios no Brasil durante a Copa do Mundo

19/05/2014 - 11:25
Projeto será desenvolvido em parceria com mais de 700 empresas e entidades setoriais brasileiras. Estão previstas ações em 12 jogos do mundial, em cinco cidades

#Clique na imagem e conheça o site Apex-Brasil na CopaO Projeto Copa do Mundo, realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), trará 2.300 compradores, investidores e formadores de opinião estrangeiros ao Brasil para realizar agendas de negócios e acompanhar os jogos do Mundial. Durante a Copa do Mundo da FIFA 2014, que será realizada de 12 de junho a 13 de julho de 2014, a Apex-Brasil desenvolverá ações de promoção comercial e atração de investimentos que visam a estimular as exportações brasileiras e captar investimentos, bem como projetar a imagem comercial do Brasil no mercado internacional.

Desenvolvido em parceria com mais de 700 empresas e entidades setoriais brasileiras, o Projeto Copa do Mundo deve superar o resultado de negócios registrado pela Apex-Brasil na Copa das Confederações da FIFA, que alcançou US$ 3 bilhões entre exportações e investimentos atraídos ao país. Nesta primeira fase do projeto, entre 15 e 30 de junho de 2013, a Apex-Brasil recebeu 903 empresários estrangeiros vindos de mais de 70 países.

Setores

Em 2014, os convidados de 104 países vão se encontrar com representantes dos setores brasileiros de Tecnologia e Saúde; Casa e Construção; Alimentos, Bebidas e Agronegócios; Moda; Máquinas e Equipamentos; Economia Criativa; e Serviços. Mais de 800 agendas de negócios serão organizadas pelas empresas e entidades setoriais parceiras, nos dias anteriores e posteriores aos jogos, e incluem reuniões com compradores, palestras e seminários, visitas a fábricas, fazendas, laboratórios e outras instalações produtivas.

Em 12 jogos - realizados em São Paulo, Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte e Rio de Janeiro - a Apex-Brasil também vai oferecer um ambiente de hospitality nos estádios, preparado para estimular o diálogo e permitir qualidade e tempo de interação entre empresários brasileiros e estrangeiros, diferentemente do que acontece em reuniões convencionais.

“A ação reforça a confiança, lealdade e parceria, indispensáveis para a realização de negócios, que é o objetivo principal do projeto”, explica o presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges.

O Projeto Copa do Mundo faz parte das ações de Marketing de Relacionamento da Apex-Brasil, que incluem atividades semelhantes no Carnaval e em eventos internacionais como Formula Indy, Grand Prix de Fórmula 1, Professional Golfer’s Association of America (PGA) e Professional Bull Riders (PBR). 

Fonte: Apex-Brasil

Notícias Relacionadas

Visitantes gastaram US$ 6,9 bilhões no país. O resultado teve forte influência da Copa do Mundo
+
Iniciativa da FIFA, com apoio do governo federal, levou atividades físicas e noções de saúde para mais de 150 alunos de oito escolas públicas de Brasília
+
Cerca de 1,6 mil câmeras serão instaladas na capital federal, 835 delas até o fim deste ano. Cada região administrativa terá sistema de monitoramento em batalhões da PM
+
Alemães, cujas empresas empregam 250 mil pessoas no Brasil, desafiam anfitriões por uma vaga na final da Copa
+