Após vistoria do Ministério Público, empresa se compromete a corrigir pontos na Arena Corinthians

15/05/2014 - 17:37
MPT apontou irregularidades na montagem das arquibancadas provisórias do estádio

Após uma vistoria realizada pelo MPT (Ministério Público do Trabalho), na manhã desta quinta-feira (15.05), na Arena Corinthians, que constatou irregularidades nas obras de montagens das arquibancadas provisórias do estádio da abertura da Copa do Mundo, a Fast Engenharia, empresa responsável pela estrutura, comprometeu-se a corrigir as falhas apontadas ainda hoje.

Os fiscais do órgão público estiveram na arena e informaram que foram observadas situações que necessitavam de correção, visando à segurança dos operários. “Esperamos que elas sejam corrigidas. Conversamos com o Andrés (Sanchez, responsável do clube pelas obras) e apresentamos as considerações”, afirmou o procurador Roberto Pinto.

Em nota, o MPT informou que “foram verificadas irregularidades pontuais”, as mesmas apontadas em vistoria realizada há cerca de um mês. “O MPT irá encaminhar o relatório da inspeção ao Ministério do Trabalho e Emprego para as providências que se fizerem necessárias no âmbito de suas atribuições”, conclui o anúncio.

A Arena Corinthians recebe, neste domingo (18.05), evento-teste coordenado pela Comitê Organizador Local (COL), quando Corinthians e Figueirense se enfrentam pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Nesse jogo, as arquibancadas provisórias, ainda não concluídas, não estarão abertas ao público.

Portal da Copa

 

Notícias Relacionadas

Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Número de turistas que visitaram a cidade durante o evento deve ultrapassar os 500 mil, sendo 40% de estrangeiros
+
Para os atletas, o jogo contra a Alemanha será o mais importante de suas vidas. Técnico Alejandro Sabella agradeceu o apoio dos torcedores que estão acompanhando a seleção pelo Brasil
+
Holandês era o treinador do AZ Alkmaar, clube que abriu as portas da Europa para o goleiro em 2007
+