Assentos da Arena Pantanal devem ser instalados até o dia 10 de maio

05/05/2014 - 14:35
Governador de Mato Grosso afirmou que houve problemas no fornecimento de material. Finalização das cadeiras estava prevista para esta segunda. Inaguração oficial deve ocorrer no dia 23 deste mês

Palco dos quatro jogos de Cuiabá na Copa do Mundo, a Arena Pantanal tem prevista a conclusão da instalação de todos os 41.390 assentos até o próximo sábado (10.05), conforme informações do governo de Mato Grosso. Durante a última visita da FIFA ao local, ficou acertado que as cadeiras seriam colocadas até esta segunda-feira (05.05). O governador Silval Barbosa pontou que houve alguns problemas no fornecimento do material, mas que tudo foi corrigido.

“Na quinta-feira chegaram mais duas cargas de cadeiras e, no máximo, dia dez tudo estará pronto”, disse o governador na sexta-feira (02.05), durante o “Tour da Taça”, evento que tem percorrido as capitais com o troféu destinado ao campeão Mundial. Atualmente, foram instalados pouco mais de 30 mil cadeiras no estádio.

No dia 23 deste mês, a Arena Pantanal passará para a gestão exclusiva da FIFA, quando ocorrerá a inauguração oficial, em uma partida que envolverá o Olímpia do Paraguai e um adversário ainda não definido.

Antes da inauguração, o estádio receberá sua primeira partida pelo Campeonato Brasileiro da Série A, que será entre Santos x Atlético-MG, pela quinta rodada. O jogo está marcado para o dia 18 de maio. Até agora, aconteceram três jogos no local – dois pela Copa do Brasil e um pela Série B do Brasileirão.

Avaliação

No terceiro jogo realizado na Arena Pantanal, na última quinta-feira, o estádio foi bastante elogiado por integrantes do Comitê Organizador Local (COL), técnicos e torcedores. Na partida válida pela Copa do Brasil, disputada entre Cuiabá 1 x 1 Internacional, o gerente de Integração Operacional do COL, Tiago Paes, ressaltou que, em linhas gerais, o saldo foi muito positivo.

“A chegada dos torcedores ao estádio foi muito tranquila e durante o jogo, tudo ocorreu dentro da normalidade. Ficamos muito satisfeitos. Os ajustes a serem feitos, como na parte elétrica de alguns banheiros e na instalação das cadeiras restantes não serão problemas”, pontuou.

Compareceram ao jogo 22.443 torcedores, conforme números da CBF. A cadeirante Heloísa Gomes Arruda, 43 anos, torcedora do Dourado (como a equipe de Cuiabá é conhecida), foi acompanhada da família e se mostrou satisfeita com o que encontrou na arena. Ela disse não ter o hábito de frequentar estádios, sobretudo, pela falta de estrutura.

“Não senti dificuldades para chegar e me instalar, foi tudo bem tranquilo. Espero que continue assim. Além disso, a parte reservada para nós, cadeirantes, tem uma vista bem bonita do campo”.

Já o colorado Guilherme Firmino Marques, 32 anos, destacou as orientações nas arquibancadas, o que, segundo ele, facilita o deslocamento pela arena. “É bem fácil de chegar aos banheiros ou à área de alimentação. Está bem legal”, contou.

A estrutura também foi elogiada pelo técnico do Internacional, Abel Braga. “É um excelente estádio, que não deixa a desejar nada para os melhores do Brasil. Gostei muito da arena. Tem ótima estrutura e será um palco importante no Mundial”. De acordo com a CBF, a renda da partida entre os times foi de R$ 942.790,00.

Helson França, do Portal da Copa, em Cuiabá

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+