Audiência nos primeiros jogos na Copa das Confederações bate recorde em vários países

19/06/2013 - 16:03
Partida de abertura da Copa das Confederações, entre Brasil e Japão, foi vista por quase 30 milhões de brasileiros pela televisão

Gabriel Fialho / Portal da Copa#Da esq. p/ a dir.: Wiles, Ericson, Pekka Odriozola, porta voz da FIFA, Saint Clair Milesi, diretor de comunicação do COL e secretário executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez

A partida de abertura da Copa das Confederações, entre Brasil e Japão, contou com uma audiência de quase 30 milhões de brasileiros, no dia 15 de junho. O jogo ainda atraiu a atenção de 5,1 milhões de telespectadores do canal japonês Fuji TV. A audiência do torneio e a qualidade da infraestrutura montada pelo governo federal, foram elogiados pelo Diretor de TV da FIFA, Niclas Ericson, durante encontro com a imprensa nesta quarta-feira (19.06), no Rio de Janeiro.

“Assinamos com o governo um memorando e trabalhamos de forma estreita com o Ministério das Comunicações, para acelerar a implementação da estrutura. O evento está correndo bem, graças a essa cooperação. Estamos satisfeitos com o que recebemos até agora e vamos continuar trabalhando para melhorar algo que não esteja 100%”, afirmou.

O principal compromisso assumido pelo Brasil foi a disponibilização e a ampliação da rede de fibra ótica para a transmissão do sinal que será distribuído para todo o mundo. “Quando chegamos a um evento como esse, queremos uma rede robusta, porque o volume de informações é muito grande. Podemos dizer que está saindo tudo muito bem nas seis sedes”, disse Ericson, se referindo às capitais que recebem os jogos da Copa das Confederações.

O CEO da Match IT, Dick Wiles, afirmou que a tecnologia utilizada funciona com um sistema de redundância, com duas linhas, para que caso alguma falhe, a outra seja ativada. Ele disse ainda que os serviços são monitorados 24 horas por dia. “As linhas vermelha e azul seguem a mesma rota, no caso de se, em algum momento, houver problema em alguma delas a outra é usada. O outro elemento é o monitoramento, onde tivemos uma cooperação estreita para a entrega de circuitos com a Telebras e a Oi. Fazemos o monitoramento em tempo real de todos os serviços oferecidos, através de uma central no Rio, para, no caso de algum problema, agirmos antes de se ter um impacto negativo”.

Os dirigentes da FIFA ressaltaram também o número recorde de jornalistas de rádio e TV credenciados, três mil, e mais de 110 estações de TV que pegaram sinal no mundo inteiro. A audiência de outros jogos da Copa das Confederações também bateu recordes em alguns países. A partida entre Itália e México, no domingo (16.06), marcou a maior audiência da televisão italiana para um evento esportivo este ano, 9,3 milhões de pessoas assistiram ao jogo.

Nos Estados Unidos, 3,1 milhões de telespectadores assistiram ao jogo na Univision, números maiores que em qualquer outro transmitido pela emissora durante a Copa das Confederações de 2009. E a vitória da Espanha sobre o Uruguai, transmitida pela Telecinco, também no domingo, resultou na maior audiência da noite na televisão espanhola, com cerca de 5,6 milhões de telespectadores.

Gabriel Fialho - Portal da Copa, com informações da FIFA

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+