Azarão no Grupo B, seleção australiana espera surpreender

13/06/2014 - 00:02
Equipe estreia na Copa do Mundo contra o Chile, na Arena Pantanal, em Cuiabá

Hélson França/ Portal da Copa#Tida como o azarão do Grupo B, a seleção australiana estreia na Copa do Mundo FIFA 2014 disposta a não dar vida fácil aos seus oponentes, e espera, se possível, surpreender. Os socceroos, como o time australiano é conhecido, encontra-se no grupo B, ao lado de Espanha e Holanda (atual e vice-campeão mundial, respectivamente), além do Chile – o adversário desta sexta-feira (13).

Após a equipe realizar um rápido reconhecimento no gramado da Arena Pantanal, palco do jogo, o técnico Ange Postecoglou e o meia Mile Jedinak, concederam entrevista à imprensa. Postecoglou minimizou o fato do time australiano ser considerado o “patinho feio” do grupo e ressaltou que os jogadores estão concentrados em realizar boas partidas e dar o melhor. O técnico, inclusive, contou que enxerga na seleção chilena um bom exemplo a seguir.

“O Chile, atualmente, já não é mais visto como antes, pois possui jogadores de muita qualidade, que formam um time forte. É o que também estamos em busca, de progredir”. O comandante dos socceroos elogiou os futuros adversários, dizendo ser “fantástico estar no grupo de seleções que jogam um futebol técnico e agressivo, que valoriza a posse de bola”.

“Será um grande teste para nós”, disse. Postecoglou ainda enalteceu a preparação feita até o momento e cobrou os jogadores. “Se eles acreditarem em tudo que fizemos até agora, estarão bem”. De acordo com o técnico, Mile, o capitão australiano, afirmou que o time, o primeiro a aterrissar no Brasil para o torneio, tem grandes planos para o Mundial.

“Temos trabalhado arduamente para esta Copa do Mundo. Vocês irão ver amanhã”, deu o recado. Ele disse que se sente honrado em representar o país e se mostrou muito satisfeito em saber que 15 mil australianos vieram para Cuiabá para prestigiar a equipe. “É fantástico. Sabemos o quanto é difícil estar aqui, por conta da distância. Vamos tentar fazer com que o jogo de amanhã seja especial, e se possível, vencer”, finalizou.

Hélson França, do Portal da Copa em Cuiabá

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+