Bahia firma parceria para inclusão racial em grandes eventos esportivos

04/10/2011 - 15:23
O objetivo é que os legados permaneçam após realização dos eventos na Bahia.

Secom/BA/DivulgaçãoDurante o Seminário de Promoção da Igualdade Racial no Contexto dos Grandes Eventos Esportivos, realizado nesta segunda-feira (03.10), no Hotel Pestana, no Rio Vermelho, foi assinado um protocolo de intenções entre o governo da Bahia, via Secretaria de Promoção da Igualdade (Sepromi), e o governo federal para garantir a participação dos profissionais afrodescendentes durante os eventos esportivos mundiais. O documento prevê uma série de ações conjuntas que devem ser implementadas para garantir a inclusão da população negra nas atividades que envolvam eventos como a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

O Secretário Ney Campello, da Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (Secopa/BA), esteve presente e destacou a importância de aproveitar o momento para implementar ações inclusivas: “Devemos considerar a Copa uma possibilidade de oportunidades econômicas para a população mais pobre, e os negros estão entre essas pessoas. Durante o evento, criaremos uma rede de proteção e combate ao racismo, uma iniciativa que se soma à preocupação com as pessoas com deficiência, combate à exploração sexual e estímulo à participação das mulheres”.

Para a troca de experiências de sucesso, a ex-prefeita de Atlanta, Shirley Franklin, tratou do exemplo da realização das Olimpíadas de Atlanta, quando foram adotadas medidas para a inclusão da população negra. Ela destacou os eventos esportivos como a grande oportunidade econômica. “Durante as Olimpíadas de Atlanta, desenvolvemos um programa que favoreceu aproximadamente 500 empresários de origem africana e latino-americana com criação de negócios, gerando assim um leque de oportunidades durante os jogos. É isso que pretendemos transmitir”.

Leia a notícia completa

Secopa/ BA

Notícias Relacionadas

Produções retratam a festa dos torcedores e a organização do megaevento esportivo
+
Estudo revela que a ocupação hoteleira na cidade bateu recordes, chegando a 72,26% no período do Mundial
+
Cidade hospedou campeões mundiais durante a Copa do Mundo e recebeu legados como Centro de Treinamento e promoção da imagem local
+
Tour 100% apresenta os bastidores do equipamento multiuso aos visitantes
+