Balanço de segurança para EUA x Portugal indica ausência de ocorrências graves

23/06/2014 - 11:20
Cerca de cinco mil profissionais estiveram de prontidão em pontos estratégicos da cidade

O balanço das operações de segurança em Manaus para a partida entre Estados Unidos x Portugal, divulgado nesta segunda-feira, aponta que não houve ocorrências graves no estádio, na Fan Fest e em outros locais de exibição pública. A Arena da Amazônia recebeu 41.123 torcedores durante o empate em 2 x 2 entre as equpes. No estádio, de acordo com informações do Centro Integrado de Comando e Controle Regional, foram registradas apenas a ação de cambistas, o uso de credenciais falsas e dois registros de furto até as 20h30 da noite de domingo. 

Ao todo, cerca de cinco mil servidores do governo do estado, da prefeitura de Manaus e de órgãos federais estiveram de prontidão e contaram com a ajuda de 265 câmeras de monitoramento estrategicamente posicionadas. “A Fan Fest da Ponta Negra recebeu mais de 20 mil pessoas, o mesmo público que frequentou o entorno do Teatro Amazonas, no Centro. Cuidamos, ainda, de locais como os bares do conjunto Eldorado, que também recebem milhares de torcedores”, afirmou o coordenador do plano operacional em Manaus, coronel Dan Câmara. Na área de Ponta Negra houve dois registros de lesão corporal e embriaguez. 

As operações tiveram início no sábado (21.06), véspera do jogo, com a chegada das delegações. Todo o aparato e mobilização terminou nesta segunda-feira (23.06) e deve voltar a ser colocado em operação já nesta terça-feira (24.06) para o jogo de quarta-feira (25.06), entre Suíça e Honduras, o último a ser realizado na Arena da Amazônia durante a Copa do Mundo.

Agnaldo Oliveira Júnior, do Portal da Copa em Manaus

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+