Bandeira gigante do Brasil é colocada em frente ao Castelão

30/06/2014 - 19:12
Com 630 metros quadrados, ela foi colocada em um guindaste no Centro de Formação Olímpica do Nordeste.

Foto: Thiago Cafardo#Bandeira está no acesso ao Castelão, palco do duelo entre Brasil x Colômbia, na sexta-feira

O torcedor que for à Arena Castelão na próxima sexta-feira (04.07) para assistir ao confronto da Seleção Brasileira diante da Colômbia será “recebido” por uma bandeira gigante do Brasil. Os símbolo, que tem 630 metros quadrados (30m x 21m), foi colocado em um guindaste no Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFONE), equipamento do Governo do Estado localizado em frente ao estádio.

A bandeira, que pesa 110 quilos e está içada a 35 metros de altura, foi colocada pela empresa Galvão Engenharia, responsável pela obra do CFONE. O duelo contra os colombianos será o segundo jogo da Seleção Brasileira no Castelão nesta Copa do Mundo. O primeiro, no dia 17 de junho, foi o empate em 0 x 0 contra o México, pela segunda rodada do grupo A.

Além da partida do Brasil diante dos mexicanos, o Castelão já recebeu outros quatro jogos neste Mundial: Uruguai e Costa Rica (14.06), Alemanha e Gana (21), Grécia e Costa do Marfim (24) e o duelo entre Holanda e México no último domingo (29), pelas oitavas-de-final da competição.

Esportes olímpicos

O Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFONE) tem área total de 85.922m² e está localizado em frente ao Castelão. Os equipamentos serão unidos por meio de passarela e, juntos, passarão a ser um dos principais complexos esportivo do Brasil, com 313.000m². Na estrutura serão abrigadas 26 modalidades olímpicas, além de outras que ainda não integram o programa das Olimpíadas de 2016, como o futsal.

O espaço, de acordo com a Secretaria Especial da Copa do Ceará (Secopa), vai contar com quadras, salas para lutas, piscinas olímpicas, piscina de saltos, pistas de atletismo, campo de futebol e ginásio poliesportivo de padrão internacional. Haverá também pistas de skate e BMX; quadras de vôlei de praia e de tênis (saibro), entre outras modalidades.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

Notícias Relacionadas

Estádios da Copa 2014 são pioneiros na busca de certificação ambiental internacional
+
Com 360 mil torcedores na Arena Castelão e mais de 500 mil na Fan Fest, a capital cearense se despediu do Mundial com legado social e de infraestrutura que ficará para a cidade
+
Técnico do Brasil elogiou o futebol do time, principalmente na primeira etapa. David Luiz disse que genética o favoreceu na cobrança de falta
+
Atacante brasileiro sofreu uma joelhada nas costas no fim da partida contra a Colômbia e não terá condições de jogar os próximos jogos do Mundial
+