Bélgica, Alemanha, Suíça e Colômbia confirmam presença em 2014. Já são 14 seleções qualificadas

12/10/2013 - 01:06
Honduras esteve perto de conquistar a vaga, após vencer por 1 x 0 a Costa Rica. Rodada das Eliminatórias serviu para afunilar equipes que ainda têm chances de virem ao Brasil

A rodada das Eliminatórias desta sexta-feira (11.10) serviu para mais quatro seleções carimbarem o passaporte para a disputa da Copa do Mundo de 2014. Na América do Sul, a Colômbia garantiu a vaga após arrancar um empate heroico por 3 x 3 diante do Chile. Na Europa, a Bélgica bateu a Croácia por 2 x 1, a Alemanha passou pela Irlanda por 3 x 0 e a Suíça derrotou a Albânia por 2 x 1. Com as vitórias, belgas, alemães e suíços também selaram a classificação.

» Bélgica supera a Croácia e garante vaga na Copa do Mundo

» Com vitória sobre a Irlanda, Alemanha sela a classificação

» Suíça confirma presença na terceira Copa consecutiva

» Colômbia busca o empate com o Chile e volta ao Mundial

Na América do Norte, Central e Caribe, Honduras esteve perto de conquistar a vaga, após vencer por 1 x 0 a Costa Rica. Os hondurenhos ficaram torcendo por um empate entre México e Panamá, mas um gol de bicicleta de Raul Jiménez a cinco minutos do fim do jogo deu a vitória por 2 x 1 para os mexicanos no estádio Azteca.

Após as 31 partidas disputadas hoje, restam 18 vagas para o Mundial. Antes, Brasil (país-sede), Argentina, Itália, Holanda, Costa Rica, Estados Unidos, Irã, Japão, Coreia do Sul e Austrália já haviam confirmado a classificação.

Na próxima terça-feira (15.10), 33 jogos servirão para definir mais um representante da América do Norte, Central e Caribe, dois da América do Sul e quatro da Europa, além dos países que participarão das repescagens europeia e intercontinentais.

Os cinco jogos de ida da fase final do classificatório da África também serão disputados até o dia 15.  

América do Sul

Na penúltima rodada das Eliminatórias do continente a Colômbia buscou um empate por 3 x 3 com o Chile, em Barranquilla, após estar perdendo por 3 x 0, e vai voltar a disputar uma Copa do Mundo, algo que não acontecia desde 1998. A Argentina, que já havia garantido presença no Mundial, venceu o Peru por 3 x 1 no Monumental de Núñez, sem Messi e com dois gols de Lavezzi e outro de Palacio. Pizarro descontou para os peruanos. O resultado deu o “título” do classificatório aos argentinos, que somam 32 pontos e não podem ser ultrapassados pelos colombianos, com 27 pontos.

Em outra partida decisiva, o Equador fez 1 x 0 no Uruguai. Jogando em Quito, Jefferson Montero anotou aos 30 minutos o tento que colocou os equatorianos em terceiro lugar na tabela, com 25 pontos. Mesma pontuação dos chilenos, que ficam em desvantagem no saldo de gols, e caíram para quarto. Os uruguaios permaneceram na quinta posição, com 22 pontos.

A Venezuela, que mantinha esperanças de ir ao seu primeiro mundial, empatou em casa contra o Paraguai e deu adeus ao sonho de classificação. Edgar Benítez abriu o placar para os paraguaios no primeiro tempo e Luis Seijas empatou para os venezuelanos na etapa complementar. A “Viño Tinto” chegou a 20 pontos, mas folga na última rodada e não pode mais alcançar a quinta posição, que dá vaga para a repescagem intercontinental.

Na terça-feira (15.10), Equador, Chile e Uruguai vão decidir quem vai ficar com as duas vagas diretas que ainda restam para a Copa do Mundo e quem vai disputar a repescagem intercontinental contra a Jordânia. Os equatorianos viajarão para enfrentar os chilenos, enquanto os uruguaios farão, em Montevidéu, o clássico contra a Argentina.

Europa

Alemanha, Bélgica e Suíça venceram seus compromissos e se juntaram a Itália e Holanda, que já estavam classificados, como os países europeus com vaga assegurada na Copa do Mundo de 2014. As cinco seleções garantiram a primeira colocação de seus grupos. Quem lidera as outras quatro chaves, faltando uma rodada para o fim desta fase das Eliminatórias, são Espanha, Inglaterra, Rússia e Bósnia-Herzegovina.

Os espanhóis, atuais campeões mundiais, venceram por 2 x 1 a Bielorrússia, com gols de Xavi e Negredo. A Espanha tem três pontos de vantagem sobre os franceses, que ocupam a segunda posição do grupo H e folgaram na rodada. A Inglaterra manteve a ponta do grupo I, após superar por 4 x 1 Montenegro. A Ucrânia segue um ponto atrás dos ingleses, no segundo posto, depois de ganhar por 1 x 0 da Polônia.

Os russos venceram Luxemburgo por 4 x 0 e abriram três pontos de vantagem para Portugal, que empatou com Israel por 1 x 1, em casa. O resultado eliminou os israelenses, que estão em terceiro no grupo F. Os bósnios bateram por 4 x 1 Liechtenstein, e com o mesmo número de pontos dos gregos, que superaram por 1 x 0 a Eslováquia, lideram a chave G por terem vantagem no saldo.

As partidas que serão disputadas na terça-feira (15.10) também servirão para definir os oito melhores segundos colocados, que disputarão a repescagem europeia em busca de quatro vagas para o Mundial. No grupo A, liderado pelos belgas, a Croácia garantiu a segunda posição. Assim como a Suécia no C, vencido pelos alemães.

Na chave B, a mesma da Itália, ainda têm chances de irem à repescagem Bulgária, Dinamarca, República Tcheca e Armênia. Já no grupo D, Turquia, Romênia e Hungria lutarão pelo segundo lugar. O primeiro posto ficou com a Holanda. Por fim, Islândia e Eslovênia brigarão pela vice liderança do grupo E, vencido pela Suíça.

América do Norte, Central e Caribe

Honduras necessitava vencer a Costa Rica, vice líder do hexagonal final e já classificada para a Copa, e torcer por um empate entre México e Panamá, para conquistar a classificação antecipada para o Mundial. Os hondurenhos fizeram o dever de casa e derrotaram por 1 x 0 os costarriquenhos.

Em jogo que começou mais tarde, os mexicanos abriram o placar com Oribe Peralta, aos 40 minutos da primeira etapa. No entanto, para a alegria de Honduras, os panamenhos empataram o placar no estádio Azteca, após falha da defesa adversária, aos 36 do segundo tempo. Quando tudo parecia perdido para a equipe da casa, Raul Jiménez foi dominar na entrada da área, a bola subiu, e o camisa 22 deu de bicicleta, a cinco minutos do fim do jogo, para fazer 2 x 1 para o México.

Na outra partida da disputa, o líder e já garantido em 2014, Estados Unidos, acabou de vez com as chances da Jamaica voltar a disputar um Mundial. Vitória por 2 x 0. Com os resultados, Honduras está em terceiro lugar, com três pontos de vantagem sobre o México, quarto colocado. Os hondurenhos necessitarão apenas de um empate na última rodada para garantir a terceira e última vaga direta para a Copa. Os mexicanos, três pontos à frente do Panamá, precisarão de um empate para ir, pelo menos, à repescagem intercontinental contra a Nova Zelândia. 

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+