Bombeiros usarão sistema de alta tecnologia durante a Copa em Brasília

07/03/2014 - 09:52
Corporação do DF é a primeira da América Latina a contar com laboratório móvel capaz de detectar em poucos minutos se determinados produtos químicos são tóxicos.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal adquiriu um sistema capaz de detectar se determinados produtos químicos, sólidos ou líquidos, são ou não tóxicos, para uso durante a Copa do Mundo da FIFA 2014. Brasília receberá sete partidas do torneio.

Embora adquirido para o Mundial, o sistema já está sendo usado. Os detectores entraram em teste em janeiro, auxiliando na identificação do óleo que foi derramado no Lago Paranoá. A tenente Lorena Ataydes, especialista em produtos químicos do Corpo de Bombeiros do DF, explicou que o sistema funciona como um laboratório móvel capaz de dar resultados de análises em poucos minutos. A corporação está treinando militares para operar o sistema: ao todo, 80 bombeiros passarão pela capacitação.

O assunto foi tema do Momento da Copa, programa de rádio produzido pela Coordenadoria de Comunicação para a Copa (ComCopa) do Distrito Federal, com o apoio da Secretaria de Cultura, e que é veiculado na Cultura FM de Brasília.

Fonte: Secopa/ DF

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+