Brasil conclui 77 obras de reforço dos sistemas elétricos nas cidades-sede da Copa

17/01/2014 - 11:30
Governo federal anuncia que pretende acrescentar pelo menos seis mil megawatts de capacidade instalada em novas usinas de energia elétrica no país

O governo federal anunciou que pretende acrescentar pelo menos seis mil megawatts de capacidade instalada em novas usinas de energia elétrica no país. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (16.01) pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, na primeira reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico do ano. O chefe da pasta, afirmou ainda, que a previsão é que 6.800 quilômetros de linhas de transmissão sejam construídas.

Além de analisar as condições de suprimento de energia do país, que incluiu um relato otimista sobre o nível dos reservatórios das hidrelétricas, o comitê fez um balanço do plano de segurança do abastecimento para o período de realização da Copa do Mundo. Foram concluídas 77 obras de reforço dos sistemas elétricos nas cidades-sede do Mundial. “Estamos monitorando a fase final de construção de mais 33 projetos”, explicou o diretor do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chipp.

Durante a reunião, que contou com a presença da Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, além de dirigentes da Eletrobras, Light, Chesf e outras empresas do setor, Lobão confirmou a realização, em 2014, de sete leilões de energia e cinco de transmissão. “Vamos continuar ampliando e reforçando nosso sistema elétrico”, disse. Em 2014, serão realizadas mais 265 mil novas ligações, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Fonte: Ministério de Minas e Energia

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+