Brasil tem feito trabalho incrível, afirma vice-presidente americano após encontro com Dilma

18/06/2014 - 13:54
Joe Biden assistiu ao jogo Estados Unidos x Gana na Arena das Dunas, em Natal

Fotos: Getty Images e Roberto Stuckert Filho/ PR#Vice-presidente americano esteve em Natal, onde viu a seleção dos EUA bater Gana de viradaO vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou, nesta terça-feira (17.06), após se encontrar com a presidenta Dilma Rousseff, que o Brasil está fazendo um trabalho incrível na preparação e execução dos jogos da Copa do Mundo. O político pode conferir o funcionamento do Mundial ao acompanhar a estreia da seleção americana com vitória contra Gana, de virada, em Natal.

» Dilma Rousseff e outros nove chefes de estado estão na abertura da Copa

» Angela Merkel comemora goleada da Alemanha sobre Portugal na Arena Fonte Nova

» Em encontro com Merkel, Dilma afirma que Brasil está fazendo da Copa oportunidade para promover tolerância

Biden fez uma declaração de imprensa na Embaixada dos Estados Unidos, em Brasília, e brincou que virou o “melhor avô” após trazer uma neta e um sobrinho ao Brasil para acompanhar os jogos. “Nós três passamos momentos maravilhosos ontem à noite. Primeiramente, toda a conversa sobre o estádio – o estádio é lindo, absolutamente lindo. E cumpriu todas as expectativas”, disse.

O vice-presidente comemorou a vitória americana sobre Gana. Os estadunidenses lutavam contra um retrospecto negativo contra os africanos:  duas derrotas nos últimos dois mundiais.  “Assistir aos Estados Unidos vencer na noite passada foi uma grande emoção para nós. E pudemos descer ao vestiário depois e pude rever alguns dos jogadores, especialmente nosso goleiro, que jogou de maneira incrível”, completou.

Biden, então, concluiu elogiando a organização brasileira: “E com relação ao que vimos até agora, o Brasil tem feito um trabalho incrível na preparação e execução desses jogos”.

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Brasil enfrentará a Colômbia em 5 de setembro e o Equador no dia 9. Os jogos serão nos Estados Unidos
+
Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que 97,3% dos casos ocorridos nas arenas foram resolvidos no próprio local
+
Balanço mostra que período do Mundial teve média de cinco pousos ou decolagens por minuto
+
Presidenta e ministros detalharam como investimentos em turismo, segurança, telecomunicações, mobilidade, aeroportos e saúde funcionaram durante o Mundial
+