Brasília terá novo hotel cinco estrelas

19/07/2013 - 10:29
Com 306 apartamentos e capacidade para cerca de 800 hóspedes, o empreendimento vai gerar 250 empregos diretos e 720 indiretos

Foto: Roberto Castro/Agência Brasília#Brasília  terá um novo hotel cinco estrelas com foco na Copa do Mundo de 2014 e no potencial turístico da região. Representantes do Ministério do Turismo (MTur), do grupo Brasília Empreendimentos, do Banco do Brasil e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, assinaram, nesta quinta-feira (18.07), em Brasília, o contrato de concessão do financiamento da obra, via Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), do Governo do Distrito Federal. A previsão é de que o hotel fique pronto até maio de 2014.

O contrato de financiamento  é considerado o  maior já realizado  pelo  FCO  para o setor de turismo no Distrito Federal. São R$ 69 milhões para a construção de um prédio com 306 apartamentos  e capacidade para aproximadamente 800 hóspedes.

O empreendimento  vai gerar 250 empregos diretos e 720 indiretos. O edifício principal já está em fase avançada de construção no Setor Hoteleiro Norte. O  objetivo é atender a demanda de executivos e  turistas, que tem aumentado nos últimos anos, e  oferecer uma hospedagem com alto padrão de qualidade.

Os responsáveis pela obra afirmam que o hotel será um marco da capital federal. O projeto tem a assinatura do arquiteto paulista  Isay  Weinfeld, responsável  por obras  premiadas, como  o Hotel Fasano e  a Livraria da Vila, em São Paulo.

“A nossa intenção é apresentar um hotel em que o hóspede sinta a qualidade dos serviços e do espaço físico”, disse a diretora executiva do grupo Brasília Empreendimentos, Ana Paula Ernesto.O MTur acompanhou o processo de financiamento da obra e incentiva empreendimentos que desenvolvam o turismo . “É um projeto importante que certamente ajudará na recepção dos turistas na Copa do Mundo”, disse o coordenador geral de financiamentos do MTur, Márcio Vantil.

Para o governador Agnelo Queiroz, o empreendimento eleva o nível da hotelaria e fortalece o turismo do Distrito Federal. “Além de uma localização privilegiada, o hotel gera emprego e movimentando a economia”, disse o governador.

Fonte: Ministério do Turismo

Notícias Relacionadas

Visitantes gastaram US$ 6,9 bilhões no país. O resultado teve forte influência da Copa do Mundo
+
No confronto entre Brasil x Colômbia, pelas quartas de final, a lotação hoteleira de Fortaleza alcançou 97%
+
Ações do Mundial foram apresentadas a gestores públicos em encontro no Palácio do Planalto. Pronatec Turismo registrou mais de 166 mil matriculados até o início do torneio
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+