Campos de treinamento de Fortaleza prontos para receber as seleções

10/06/2014 - 12:41
Estádios foram utilizados na Copa das Confederações de 2013 e passaram por alguns reparos para o Mundial

Thiago Cafardo/ Portal da Copa#COT da Unifor (acima) e do PV (embaixo) passaram por melhorias Os Campos Oficiais de Treinamentos (COTs) na capital cearense, que serão usados na Copa do Mundo, já estão preparados para receber, na primeira fase, os campeões mundiais Brasil, Alemanha e Uruguai, além de Grécia, Costa Rica, Costa do Marfim, Gana e México. O estádio Presidente Vargas, o “PV”, e o campo da Universidade de Fortaleza (Unifor) foram utilizados no ano passado durante a Copa das Confederações e precisaram passar por pequenos reparos para atender às exigências da FIFA.

De acordo com a Secretaria de Esportes e Lazer (Secel), o gramado do PV não necessitou ser trocado para receber os treinamentos - passou por um corte radical e processo de aeração com o objetivo de nivelar o campo de jogo. O investimento foi de R$ 70 mil, custo normal de manutenção do gramado. Caso fosse trocado, custaria cerca de R$ 1,5 milhão aos cofres públicos.

“O trabalho de manutenção é feito constantemente. Houve, sim, a racionalização nos gastos e prazos para atender às demandas da FIFA. Na Copa das Confederações, o Carlos Alberto Parreira e o Felipão elogiaram o gramado. Então, continuamos com o trabalho de revitalização, como foi feito no ano passado”, disse o secretário de Esportes do município, Márcio Lopes.

Em 2013, um episódio marcante no Presidente Vargas aproximou ainda mais o torcedor da Seleção Brasileira. No dia 17 de junho, antevéspera da vitória do Brasil por 2 a 0 sobre o México, pelo menos sete mil pessoas estavam do lado de fora do PV, mesmo com o treino fechado para a torcida. Mas o técnico Luiz Felipe Scolari atendeu aos gritos de “libera, Felipão” e abriu a parte final do trabalho para os torcedores.

Unifor

O campo da Universidade de Fortaleza, segundo a Coordenação de Esportes da instituição de ensino, também passou por poucos reparos para a disputa do Mundial. “Na Copa das Confederações, todas as exigências da FIFA foram cumpridas, como a ampliação do campo e da área livre para saída dos jogadores, melhorias na iluminação e Wi-fi para a imprensa. Foi muito mais fácil agora. Apenas ajustamos o campo às novas solicitações”, disse o coordenador Carlos Augusto de Souza Costa.

Na Unifor, devem treinar na primeira fase as seleções da Costa Rica, México, Gana e Costa do Marfim. Já no estádio Presidente Vargas, a preparação deve ser feita por Brasil, Alemanha, Grécia e Uruguai.

Detalhes

PV
Capacidade: 20.226 pessoas
Vestiários: quatro
Imprensa: 11 cabines para as transmissões de rádios; três cabines de TV; três cabines específicas para as câmeras e uma cabine para o monitoramento do placar e de segurança; além de uma área com bancada para 30 profissionais da imprensa. Há também um auditório de 59m² para coletivas de imprensa, com 54 cadeiras.
Endereço: Rua Marechal Deodoro S/N, Benfica

Unifor
Endereço: avenida Washington Soares, 1321, Edson Queiroz
Capacidade: 1,3 mil pessoas
Vestiários: três, com 12 chuveiros cada
Imprensa: Área com wi-fi para o trabalho dos jornalistas

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza (CE)

Notícias Relacionadas

Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+
Nas duas sedes, os voluntários do governo federal atuaram durante a fase de grupos, oitavas de final e quartas de final. Agora, atuação será focada na FIFA Fan Fest em dias de jogos
+
Cerca de 260 mil turistas brasileiros e estrangeiros compraram ingressos para os seis jogos na capital cearense
+
Com 360 mil torcedores na Arena Castelão e mais de 500 mil na Fan Fest, a capital cearense se despediu do Mundial com legado social e de infraestrutura que ficará para a cidade
+