Centro Aberto de Mídia é inaugurado em Manaus

06/06/2014 - 18:31
Profissionais terão acesso à sala de imprensa, com 40 lugares, computadores, impressoras, acesso à internet, televisores, auditório e estúdios

Fotos: Agnaldo Oliveira Jr#

O Centro Aberto de Mídia (CAM) de Manaus foi inaugurado nesta sexta-feira (06.06). O espaço foi criado pelo Governo do Amazonas e pela Prefeitura da capital amazonense para atender à imprensa durante a Copa do Mundo. Com 68 mil metros quadrados, o local funcionará no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA), na zona sul manauara.

O CAM na capital do Amazonas oferece atendimento de assessoria de imprensa feita por profissionais do Governo e da Prefeitura. A estrutura completa de trabalho foi montada para os profissionais de veículos de comunicação locais, nacionais e internacionais, especialmente os não credenciados pela FIFA. O local estará aberto até o dia 26 de junho, um dia após a última partida da Copa do Mundo na Arena da Amazônia.

No CAM, os profissionais terão acesso à sala de imprensa, com 40 lugares, computadores, impressoras, acesso à internet, televisores, espaço de convivência, restaurante, bar e salões com exposições permanentes.

Estúdio de TV e Rádio

Um estúdio de TV e Rádio foi montado para dar suporte aos profissionais que vão trabalhar com essas mídias, além de um auditório para entrevistas coletivas com capacidade para 70 pessoas. A estrutura também possui uma recepção com lounge e uma sala de apoio onde podem ser realizadas entrevistas. O Centro Aberto de Mídia vai funcionar das 8h às 18h e das 8h às 23h nos dias de jogos em Manaus.

Atrações

Secretaria de Estado da Cultura, durante o período de funcionamento do Centro Aberto de Mídia vai oferecer aos profissionais programação com espetáculos, shows e entretenimento. As exposições permanentes do espaço também estarão disponíveis para visita dos profissionais de comunicação, como o Museu do Homem do Norte, com aproximadamente duas mil peças representativas da cultura do homem amazônico; o Cine Silvino Santos, destinado à exibição de filmes  e documentários com a temática amazônica; e o Espaço Rio Amazonas, semelhante a uma maloca indígena, revestida externamente por palha trançada de arumã (uma fibra regional), destinado a exposições e conferências.

Agnaldo Oliveira Júnior, do Portal da Copa em Manaus

Notícias Relacionadas

Foram produzidas mais de 60 mil matérias sobre o Brasil veiculadas em todo o mundo. De acordo com pesquisa realizada pela Fipe, 96,5% dos jornalistas internacionais recomendariam uma viagem ao país
+
Jogos na Arena da Amazônia foram vistos por mais de 240 milhões de pessoas
+
Participação segue até segunda-feira (14.07) com auxílio a jornalistas brasileiros e estrangeiros no Forte de Copacabana
+