Cerca de 41% dos torcedores foram à Arena Pernambuco de metrô no jogo Itália x Japão

20/06/2013 - 23:56
Sem tumultos, estádio foi evacuado em uma hora e dez minutos. Esquema para a próxima partida não terá estacionamento na UFPE

Foto: Abelardo Mendes Jr/Portal da Copa#Os problemas de acess à Arena Pernambuco enfrentados pelos torcedores na primeira partida da Copa das Confederações em Recife (Espanha x Uruguai, no dia 16 de junho) foram superados. Na partida Itália x Japão, realizada na quarta-feira (19.06), o público chegou sem sobressaltos ao estádio, a partir da 15h. De acordo com o Governo do Estado de Pernambuco, cerca de 41% das pessoas que foram ao jogo utilizaram o metrô, 22% o estacionamento do Parqtel (às margens da BR-408) e 15% o estacionamento da Universidade Federal de Pernambuco. Outros 22% usaram tipo diferentes de transporte.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (20.06), o secretário extraordinário da Copa de 2014 em Pernambuco, Ricardo Leitão, ressaltou que a partida de quarta-feira teve apenas 1.216 torcedores a menos que a primeira. "E, ainda por cima, não era um domingo. Foi um dia últil. Por isso, a operação teve ainda mais sucesso, com transporte eficiente para os torcedores˜, afirmou Leitão.

A utilização do estacionamento da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) como mais um ponto de saída de ônibus circulares foi ponto chave no esquema. "Mobilizamos pessoal da área de segurança e voluntários, que não é um contingente elástico. Esse foi um teste que deu certo, no entando, não significa que não possamos fazer outros ajustes para 2014, para a Copa do Mundo. Não temos compromisso com o erro, temos compromisso em acertar”, acrescentou o secretário.

Outras mudanças positivas foram a melhor sincronia entre a chegada dos vagões do metrê e a saída dos ônibus da estação Cosme e Damião rumo ao estádio. Também foi instalada uma rampa provisória na estação para facilitar o acesso.

O tempo de escoamento no final da partida foi comemorado. Em cerca de uma hora e dez minutos, todo o público deixou o estádio, sem tumultos ou filas demoradas. “As pessoas tiveram mais calma para sair da arena. Não houve atropelo, não tentaram furar as filas, não derrubaram os gradis. Isso foi uma colaboração muito importante da população”, disse o secretário.

Esquema para Uruguai x Taiti

Mesmo com a boa aceitação e execução da operação de trânsito, ela não será repetida para a próxima partida da Copa das Confederações em Recife. Para o jogo Uruguai x Taiti, às 16h do domingo (23.06), o estacionamento da universidade não será utilizado. De acordo com a Secopa, o público ficará em torno de 25 mil pessoas na Arena Pernambuco, bem inferior aos jogos anteriores.

“Avaliamos que não há necessidade de outros meios, porque é possível que tenhamos metade dos espectadores dos jogos anteriores. Optamos por concentrar a segurança e os voluntários nas áreas mais próximas à Arena", afirmou Leitão.

O transporte público continua como prioridade. O serviço de ônibus circulares entra a estação Cosme e Damião e o estádio funcionará entre 10h e 22h - os portões do estádio serão abertos às 13h. O mesmo horário de ônibus seguirá no estacionamento do Parqtel. O metrô ficará em atividade até 23h.

Para os torcedores que desejam ir de carro particular para o jogo, ainda há  vagas à venda para o estacionamento do Parqtel. Os interessados podem adquirir o bilhete por R$ 40, nas concessionárias Fiat Italiana da Caxangá, da Imbiribeira e de Caruaru, além dos cafés Kampalla do Paço Alfândega e do Empresarial Thomas Edison, na Ilha do Leite.

Leia também:

» Ônibus híbridos estão sendo usados para transporte de torcedores para a Arena Pernambuco

Abelardo Mendes Jr - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

BRT carioca teve seis novas estações inauguradas neste fim de semana e liga a Barra da Tijuca ao aeroporto do Galeão
+
Tarifa é de R$ 2,15 e os usuários que desejarem experimentar o novo modal poderão utilizar o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM)
+
Governo do DF divulgou balanço de ações para a Copa do Mundo. Investimentos em segurança, turismo, mobilidade urbana e aeroporto ficam para a cidade
+
Ministro do Esporte e secretário-executivo da pasta participaram do balanço final do evento, realizado no Rio de Janeiro
+