Chile treina em Belo Horizonte e torcida faz a festa na arquibancada

07/06/2014 - 00:44
Clima amistoso marcou a confraternização entre torcedores chilenos e brasileiros

Foto: Fabricio Faria/Portal da Copa#Alex Daza (D) veio com o sogro de Santiago, no Chile. Vão assistir aos seis jogos em Belo HorizonteA seleção chilena fez o primeiro treino em Belo Horizonte, na noite desta sexta-feira, no campo Sesc Venda Nova, zona norte da cidade. Os jogadores desembarcaram na quinta à noite no aeroporto de Confins, tiveram o dia de descanso e à noite já estavam em campo para uma atividade sob o comando do Técnico Jorge Sampaoli. O treinamento teve duração de aproximadamente duas horas, com trabalhos de finalização e, principalmente, treino com cruzamento de bola na área, já que os chilenos têm a menor média de estatura da Copa. O atacante Alexis Sánchez, que tem uma inflamação no ombro direito, treinou normalmente e não deve ser dúvida para a primeira partida do Chile na Copa. A equipe está no Grupo B, ao lado de Espanha, Holanda e Austrália.

Por determinação da FIFA, o treinamento foi aberto à torcida, que pôde acompanhar de perto a movimentação. Duas horas antes do horário marcado para o inicio, já havia torcedores na entrada do Sesc. Quando os portões foram abertos, os brasileiros, que eram maioria, assistiram ao treino ao lado dos chilenos, em clima de amizade e confraternização.

O estudante Vitor Márcio foi ao campo com uma camisa da Holanda. Ele conta que não era uma provocação e que foi coincidência estar vestindo justamente a camisa do terceiro adversário dos nossos vizinhos na fase de classificação. Vitor já está acostumado a frequentar o Mineirão, mas, segundo ele, não podia perder a oportunidade de ver um treino de Copa, num campo que fica a cinco minutos da casa dele, “A gente vive no estádio, mas aqui a gente está vendo de perto jogadores de seleção. Isso é muito legal, ainda mais para mim, que já sonhei ser jogador”

Já o chileno Alex Daza precisou muito mais que os cinco minutos gastos por Vitor para chegar ao campo do Sesc Venda Nova. O engenheiro de 43 anos veio de Santiago com o sogro e com o filho para ficar um mês em Belo Horizonte. Os três vão assistir aos seis jogos que serão disputados na capital mineira, mas não assistirão a nenhuma partida do Chile. “O que importa é a oportunidade de estar numa Copa do Mundo. Mais que ver La Roja, é ver toda a festa do Mundial”, explicou o Chileno, que está adorando a estadia em Belo Horizonte e fez questão de elogiar a segurança e a tranquiliadade da cidade.

Belo Horizonte - Treino do Chile

Belo Horizonte - Treino do Chile

Próximo treinamento

Nesta sábado, o dia será de folga para os jogadores. O time só volta a treinar no domingo, na Toca da Raposa II, centro de treinamento do Cruzeiro. A estreia será em uma semana, na sexta-feira, 13,06, contra a Austrália, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Na sequência, o Chile joga contra a Espanha e depois Holanda.

Fabrício Faria, do Portal da Copa em Belo Horizonte

Notícias Relacionadas

Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Estimativa é que o volume recolhido aumente a renda de catadores em cerca de 100%. Legado de inclusão social e conscientização ambiental também é destacado
+
Durante o Mundial, a capital mineira recebeu 355 mil visitantes,que gastaram em média R$ 1,2 mil. A estimativa de retorno financeiro indireto é de R$ 1,6 bilhão
+
Objetos como tablet, celular e dinheiro estavam dentro da bolsa que foi enviada de volta para a Inglaterra
+