Clube do Choro pretende divulgar o chorinho brasileiro durante a Copa do Mundo

27/06/2012 - 16:51
Projeto pretende oferecer shows culturais como opção de lazer, antes e depois dos jogos marcados para o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Associar futebol a música e aproveitar a oportunidade de realização da Copa do Mundo 2014 para divulgar a música instrumental e exaltar a cultura brasileira são propostas do Clube do Choro de Brasília, apresentadas ao Ministério do Esporte na manhã desta quarta-feira (27.06) pelo presidente do Clube do Choro, Henrique Filho (o Reco do Bandolim), e pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF).

“O Ministério do Esporte valoriza a cultura e a identidade nacionais e apoia a iniciativa do Clube do Choro de Brasília, de divulgar a música brasileira aqui e em outras regiões do mundo”, afirmou o ministro Aldo Rebelo, que ratificou apoio ao projeto.

A iniciativa propõe que o Clube do Choro colabore para a promoção da Copa e participe de ações que agreguem valor à imagem do Brasil, dentro e fora do país, como integrante de eventos destinados a atrair turistas e divulgar o Mundial no exterior. O projeto também vai oferecer shows culturais aos torcedores que assistirão às partidas no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Para fazer essa divulgação, o Clube do Choro está gravando um CD com dez músicas, como “Aquarela Brasileira”, “Noites Cariocas”, “Isto Aqui O Que É”, “Coisa Nossa” e “Brasileirinho”. “Pretendemos visitar os países selecionados pela Embratur para divulgar esse trabalho de excelente conteúdo e alegria”, disse Reco do Bandolim.

O Clube do Choro de Brasília funciona há três décadas na capital federal. Nos últimos anos, cerca de 500 mil pessoas já assistiram a mais de 1.500 shows de grandes instrumentistas nacionais e internacionais que passaram pelo Clube, resgatando e atualizando a obra de músicos como Pixinguinha, Villa-Lobos e Jacob do Bandolim.

Fonte: Ministério do Esporte

Notícias Relacionadas

Diretora da Unaids no Brasil se encontrou nesta terça com o ministro do Esporte, que assinou a bola que simboliza a iniciativa. Um exemplar com as rubricas da presidenta Dilma e de outros chefes de Estado será levado para a Assembleia Geral da ONU
+
Apresentações contarão ainda com Carlinhos Brown, Alexandre Pires, Wyclef Jean e escola de samba Acadêmicos do Grande Rio. Festa terá início às 14h20 deste domingo
+
Vila Olímpica do Caju, que recebe a competição, é considerada pelo presidente da FIFA o 13º estádio da Copa do Mundo
+