Com autoridade, Alemanha goleia o Brasil e chega à final da Copa

08/07/2014 - 18:40
Placar de 7 x 1 foi a maior derrota da história da Seleção Brasileira em Mundiais

Getty Images#Nem mesmo o alemão mais otimista poderia prever o que aconteceria no Mineirão, em Belo Horizonte, no dia 8 de julho de 2014. Numa semifinal de Copa do Mundo do Mundial realizado no Brasil, a equipe da casa tomou cinco gols em menos de meia hora da primeira etapa. Até o apito final, outras duas bolas vazariam a meta do goleiro Júlio César. A Seleção só fez o de honra aos 45 minutos do segundo tempo, com Oscar. Um placar superlativo, de 7 x 1. A pior derrota da Seleção Brasileira na história das Copas.

"Este é provavelmente o pior dia de minha vida", afirmou o técnico Luiz Felipe Scolari, que pediu desculpas ao povo brasileiro por não ter conseguido levar a equipe à decisão. "Quem é responsável quando a equipe se apresenta? Quem é colocado como técnico? Quem é responsável pelas escolhas: sou eu", disse o treinador. O treinador disse ainda que os jogadores podem até querer dividir a culpa pelo resultado, mas a opção tática, a convocação e a escalação partiram dele. "O resultado pode ser dividido porque os jogadores querem, porque dividimos responsabilidades. Mas as escolhas, a parte tática, sou eu o responsável", ressaltou.

Com o resultado, os germânicos garantem a vaga na final, em 13 de julho, no Maracanã. O adversário sairá da partida entre Argentina e Holanda, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians. O Brasil se despede do Mundial em Brasília, no dia 12, na disputa de terceiro e quarto lugares. 

Depois de muita especulação nos últimos dias sobre o substituto de Neymar, o técnico Luiz Felipe Scolari escalou o atacante Bernard. Após cumprir suspensão por cartão amarelo, o volante Luiz Gustavo voltou ao time no lugar de Paulinho. O Brasil foi a campo com Julio César; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar, Bernard e Hulk; Fred. Os alemães foram escalados pelo técnico Joachim Löw com Neuer; Lahm, Jérôme Boateng, Hummels e Höwedes; Khedira, Schweinsteiger, Toni Kroos e Özil; Thomas Müller e Klose.

Passeio

Antes de ser massacrado em campo, o Brasil até esboçou uma pressão na saída de bola da Alemanha e dominou os minutos iniciais. O primeiro lance de perigo saiu de um lançamento de David Luiz, que encontrou Hulk na ponta esquerda, aos quatro minutos. O atacante brasileiro cruzou para o centro da pequena área e obrigou o goleiro Neuer a intervir.

A Alemanha igualou o jogo e o inesperado aconteceu. Marcelo perdeu uma dividida no ataque e os alemães conseguiram encaixar um contra-ataque com  Kroos e Müller pela direita, aos 10 minutos. No escanteio, a marcação da defesa brasileira falhou e Müller apareceu sozinho, dentro da pequena área, para abrir o placar.

O que se viu nos minutos seguintes foi um verdadeiro ataque contra defesa, que lembrava uma disputa entre juvenis e profissionais. Entre os minutos 22 e 30, a Alemanha fez quatro gols, com Klose, Kroos (2) e Khedira. Klose se transformou no maior artilheiro da história das Copas, com 16 gols, superando o brasileiro Ronaldo, que marcou 15 vezes.

Com os 5 x 0 no placar no intervalo, Scolari trocou Fernandinho, que falhou na saída de bola em dois dos gols, por Paulinho. Hulk entrou no lugar de Ramires. Os brasileiros até ameaçaram a defesa alemã, mas Neuer fez quatro ótimas defesas e impediu uma improvável reação dos anfitriões. Schürrle, que havia entrado no lugar de Klose, marcou ainda mais dois gols no segundo tempo.

O gol de honra do Brasil só veio aos 45 minutos do segundo tempo. Oscar recebeu livre na entrada da área fez o único da Seleção em Belo Horizonte na partida. O sonho do hexacampeonato está adiado para 2018, na Copa do Mundo da Rússia.

» Felipão assume a conta da derrota e elogia partida impecável da Alemanha

» Surpreso com resultado elástico, técnico alemão destaca a calma de sua seleção

» Goleada deixa brasileiros e alemães perplexos na Embaixada da Alemanha

» Apesar da goleada, torcida fica até o fim do jogo na Fan Fest de Brasília

» Torcedores lamentam a eliminação na Fan Fest de Belo Horizonte

» Esperança vira descrença e frustração no Vale do Anhangabaú

Semifinal - Brasil x Alemanha - Mineirão - Fotos disponíveis para download

Semifinal - Brasil x Alemanha - Mineirão - Fotos disponíveis para download

Semifinal - Brasil x Alemanha - Mineirão - Jogo

Semifinal - Brasil x Alemanha - Mineirão - Jogo

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

As duas equipes se enfrentarão em Singapura. Este será o quarto jogo do Brasil neste segundo semestre
+
Brasil enfrentará a Colômbia em 5 de setembro e o Equador no dia 9. Os jogos serão nos Estados Unidos
+
Cidade hospedou campeões mundiais durante a Copa do Mundo e recebeu legados como Centro de Treinamento e promoção da imagem local
+
Taffarel será o preparador de goleiros, enquanto Mauro Silva ocupará o cargo de assistente técnico, criado para ser rotativo. Andrey Lopes será o auxiliar
+