Com pontapé inicial da presidenta Dilma, Estádio Nacional é entregue

18/05/2013 - 13:29
Jogo inaugural foi válido pela final do Campeonato do DF. Arena é a sede da abertura da Copa das Confederações, em 15 de junho. Cerimônia contou, entre outras autoridades, com a presença do ministro do Esporte, do governador do DF e do presidente do Senado

O clima foi de festa durante a entrega oficial do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, neste sábado (18.05). A presidenta Dilma Rousseff, que deu o primeiro chute em bola no novo gramado, disse que o momento é de celebrar. "Hoje a festa é aqui da cidade de Brasília e do Distrito Federal. A festa é também dos trabalhadores e das trabalhadoras que construíram esse estádio. E a festa é de todos nós, de cada um de nós", disse. Representantes dos trabalhadores, que foram homenageados com uma placa na entrada da arena, aproveitaram para tirar fotos com a presidenta.

Ao lado do governador do DF, Agnelo Queiroz, e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo,  Dilma conheceu o estádio e se disse orgulhosa de ver a qualidade e a modernidade das instalações. "Isso é algo que é uma demonstração da capacidade que nós, brasileiros, temos de realizar aquilo que muitos pessimistas de plantão dizem sempre que não somos capazes", afirmou. Aldo Rebelo também parabenizou os trabalhadores e os responsáveis pela obra.     

"Brasília entrega hoje ao Brasil, ao mundo e aos seus moradores o mais belo estádio para a Copa das Confederações e para a Copa de 2014. Esse monumento ao esporte e ao futebol está à altura daqueles que sonharam com Brasília como a capital da unidade nacional, a capital da integração do nosso país, a capital do desenvolvimento do Brasil", disse o ministro. Também estiveram presentes à cerimônia o secretário executivo do ministério do Esporte, Luis Fernandes, o presidente do Senado, Renan Calheiros, o CEO do Comitê Organizador Local, Ricardo Trade, e o governador do Ceará, Cid Gomes. 

Foto: Glauber Queiroz/Portal da Copa/ME#

O governador do DF ressaltou o caráter múltiplo da arena. "Com essa arena, Brasília se qualifica para fazer parte dos grandes shows mundiais. Teremos hoje inaugurando esse belíssimo gramado a final do Campeonato Brasiliense de Futebol. Já na proxima semana esse estádio vai abrigar um dos maiores clássicos do futebol brasileiro, entre Santos e Flamengo, com capacidade total para testar plenamente o estádio. E no próximo mês nós vamos estar aqui novamente para o jogo entre Brasil e Japão, abrindo a Copa das Confederações", disse o governador.

Campeonato local

A final do Campeonato Brasiliense, entre Brasiliense e Brasília, será neste sábado, a partir das 16h. Será o primeiro jogo no novo Mané Garrincha. Além de testar o estádio, com capacidade reduzida, o GDF vai aproveitar para fazer operações de trânsito e segurança. O evento-teste oficial do Comitê Organizador Local da Copa 2014 na nova arena será no dia 26 de maio, no jogo entre Santos e Flamengo, válido pela rodada de abertura do Campeonato Brasileiro. Durante a Copa das Confederações, o Estádio Nacional de Brasília vai receber a abertura do torneio, no dia 15 de junho. A partida será Brasil x Japao. 

A presidente Dilma Rousseff lembrou que, com a entrega do Estádio Nacional de Brasília, falta apenas uma arena ser oficialmente inaugurada para a Copa das Confederações: a Arena Pernambuco, que terá bola rolando na próxima segunda-feira (20.05).  Além de elogiar o novo Mané Garrincha, Dilma lembrou do Castelão, do Mineirão, da Fonte Nova e do Maracanã. "Acredito que faremos a melhor Copa de todos os tempos. Nós esperamos que a mesma competência ocorra dentro do campo. Eu diria que é o sonho de cada um de nós que tenhamos a competência e a sorte de ter um excelente desempenho na Copa das Confederaçoes", afirmou.

Homenagem a Mané

Durante a inauguraçao da arena brasiliense, a  presidenta Dilma Rousseff aproveitou para prestar uma homenagem a Mané Garrincha, que dá nome ao estádio.  "Estamos fazendo uma homenagem histórica a um grande atleta brasileiro, que é Mané Garrincha. Essa homenagem é precisa, merecida, feita na capital federal do nosso país. Uma homenagem a um atleta que era um gênio na arte do futebol", disse a presidenta. 

Entrega do Estádio Nacional de Brasília

Mateus Baeta - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Diretora da Unaids no Brasil se encontrou nesta terça com o ministro do Esporte, que assinou a bola que simboliza a iniciativa. Um exemplar com as rubricas da presidenta Dilma e de outros chefes de Estado será levado para a Assembleia Geral da ONU
+