Comissão de Mato Grosso inicia Protocolos de Segurança e Defesa Civil para a Copa

22/08/2012 - 15:35
Documentos irão apresentar os riscos que possam ocorrer em grandes eventos, medidas a serem tomadas e qual o papel de cada órgão

Membros da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos, em Mato Grosso, iniciaram nesta semana os trabalhos para a elaboração dos Protocolos de Segurança e Defesa Civil para Copa do Mundo de 2014.

“Os Protocolos irão apresentar todos os riscos que possam ocorrer em grandes eventos. Neles também estarão as medidas que poderão ser tomadas pelos profissionais e qual é o papel de cada órgão, em cada área. São manuais que vão orientar como o profissional deverá agir durante grandes eventos”, disse o presidente da Comissão, Renato Sayão Dias.

A comissão foi criada pelo Ministério da Justiça, em maio de 2012 e é composta por cerca de 20 órgãos públicos das três esferas de governo. O objetivo é elaborar os planos integrados em 15 áreas sobre segurança e defesa civil. Serão formados grupos de trabalho compostos por servidores dos órgãos envolvidos.

“Espero que a união de esforços de todas as instituições permita o sucesso da Copa do Mundo em Mato Grosso evitando todos os riscos previsto para o um evento dessa natureza, e que ela produza uma maior integração entre as instituições de Segurança Pública”, disse Renato Sayão Dias.

A próxima reunião da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos será nesta quinta e sexta-feira (23 e 24.08), no auditório do Palácio do Paiaguás, onde os membros irão conhecer os consultores da empresa contratada pelo Ministério da Justiça, para auxiliar na elaboração dos protocolos. A empresa realizou o mesmo trabalho com os organizadores das Olimpíadas de Londres.

Fonte: Governo de Mato Grosso

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
Capital do Mato Grosso contou com a atuação de 357 voluntários, em locais como aeroporto, rodoviária, Arena Cultural, entorno da Arena Pantanal, FIFA Fan Fest e Centro Aberto de Mídia
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+