Comitê Organizador considera positivo o segundo teste na Arena Corinthians

02/06/2014 - 10:20
Corinthians e Botafogo empataram em 1 x 1 neste domingo (01.06) no palco da abertura da Copa. Torcedores relataram problemas no acesso ao estádio, mas organizadores explicaram que a operação no Mundial será diferente

Getty Images#

O Comitê Organizador Local (COL) realizou, neste domingo (01.06) o segundo evento-teste na Arena Corinthians, palco da abertura da Copa do Mundo da FIFA 2014, entre Brasil e Croácia, em 12 de junho, e de outros cinco jogos do torneio. Em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians empatou em 1 x 1 com o Botafogo e o teste foi considerado positivo.

“Tivemos a oportunidade de testar mais ações e incrementar algumas que haviam sido feitas no último evento-teste, como a quantidade de voluntários. Operamos melhor as áreas de imprensa, a zona mista está quase pronta no formato da Copa do Mundo. A grande diferença para o espectador foi o sistema de entrada com as filas no sistema caracol e a checagem com detectores de metal. Os fluxos de entrada e saída foram muito tranquilos”, disse o gerente geral de integração operacional do COL, Tiago Paes.

Torcedores, entretanto, relataram problemas no acesso. Alguns não entraram no estádio a tempo de ver o gol de Jadson, marcado aos 24 minutos do primeiro tempo. Ao ser informado disso, Tiago Paes disse que iria verificar as ocorrências. Ele explicou que o esquema de acesso ao estádio ainda não foi realizado de forma exatamente igual ao do Mundial.

“Foi igual no sistema de checagem de segurança, com detectores de metal, mas quem passou viu que, na sequencia, havia uma outra linha de tendas. Ali ficarão as catracas, com gradeamento. Hoje por causa da divisão por setores, as catracas ficaram recuadas, na boca de cada um dos acessos, mas isso muda para a Copa. Serão outras catracas, os primeiros testes delas foram realizados ontem. É um sistema bem mais complexo, com catracas prontas para ler os ingressos da Copa”, explicou Paes.

A coordenadora da secretaria executiva do Comitê Paulista para a Copa de 2014, Raquel Verdenacci fez uma boa avaliação da operação de chegada e saída dos torcedores durante o evento-teste usando o transporte público.

“O balanço do governo do Estado de São Paulo é muito positivo, especialmente em relação a transporte sobre trilhos. Mais uma vez, o torcedor aderiu à utilização da estação de desembarque de acordo com a localização indicada em seu ingresso. Nossa avaliação é de que houve avanço nos preparativos para a abertura”, disse, referindo-se à chegada dos espectadores nas estações Corinthians-Itaquera e Artur Alvim.

Ela comentou o problema de concentração de torcedores na primeira barreira de verificação de ingressos no acesso Leste, considerada muito estreita. “Na saída da Corinthians-Itaquera, a previsão original era da presença de 40 baias, hoje tivemos em operação 11 e, em determinado momento, nove. O mix de operação entre Campeonato Brasileiro e Copa interfere no planejamento porque o Corinthians tem uma operação para fazer, era dele a leitura da pré-checagem de ingressos com um tipo de equipamento que demora um pouco, e isso teve um reflexo, tinha que ter sido colocada exatamente a quantidade de baias prevista para a Copa”, explicou.

Arquibancadas temporárias

Quanto às arquibancadas temporárias do setor Sul, a operação foi considerada muito boa, de acordo com Tiago Paes. “Estão muito tranquilos principalmente com fluxos, questões de lanchonetes e a parte hidráulica da instalação. Recebemos cinco mil pessoas e funcionou positivamente”, disse o membro do COL.

Raquel Verdenacci falou sobre as arquibancadas temporárias do setor Norte, que não foram utilizadas durante o evento-teste e que, segundo ela, não inspiram qualquer preocupação. “A arquibancada Norte não corre nenhum risco de não ficar pronta para a Copa do Mundo. Ela não foi avaliada para este jogo pelo Corpo de Bombeiros porque passava por um teste dinâmico de carga exatamente no momento da vistoria da arquibancada Sul. Você faz a simulação estressando a estrutura muito mais do que se ela estivesse com sua capacidade máxima de pessoas naquela área. A vistoria está agendada para quarta-feira (04.06) de manhã, para a checagem final de todos os elementos de segurança e combate a incêndio que restam para a emissão do alvará completo de todas as estruturas temporárias para o evento”, afirmou.

Iluminação

A melhoria da iluminação e da sinalização foi um dos pontos elogiados pelos torcedores e destacados pelo gerente de Ações do Comitê Especial para a Copa do Mundo da cidade de São Paulo, José Carlos Gomes. “Fizemos uma avaliação preliminar e consideramos que em relação ao primeiro, incrementamos novas ações, aumentamos o efetivo da Prefeitura, melhoramos a iluminação e a sinalização. Identificamos algumas necessidades e, no cômputo geral, consideramos muito válido o evento”, disse.

Em campo

Apesar da decepção pelo resultado – o Corinthians abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo com um belo chute de fora da área de Jadson, mas cedeu o empate na segunda etapa com um gol de Edílson aos 41 minutos –, o técnico do Corinthians, Mano Menezes, também manifestou sua aprovação à Arena Corinthians.

“O estádio está muito bonito. Precisa ainda passar por esses últimos ajustes, mas já está mais ajustado que no primeiro jogo. Penso que poderemos fazer uma abertura bonita aqui”, disse.

Jadson colocou seu nome na história da arena, já que foi o autor do primeiro gol do Corinthians na nova casa.  “Fico muito feliz e honrado por ter feito o primeiro gol, mas saí com um sentimento triste pelo empate. Ficaria mais feliz se tívessmos saído com a vitória. Nós jogamos muito bem, mas infelizmente cedemos o empate no fim", disse o camisa 10 do Timão.

O Campeonato Brasileiro fará uma pausa  por conta do Mundial. O Corinthians só voltará a jogar no dia 16 de julho, contra o Internacional, novamente em casa.

Getty Images#Jadson comemora o primeiro gol corinthiano na nova casa

Abertura da Copa

No encerramento da coletiva de avaliação do evento-teste desde domingo, o Comitê Organizador Local adiantou algumas orientações para os torcedores que estarão presentes na abertura da Copa, para a partida entre Brasil e Croácia em 12 de junho.

“O jogo começa às 17h, os portões serão abertos quatro horas antes, às 13h. É importante chegar cedo para curtir as atrações: lojas e produtos oficiais, estandes dos patrocinadores e música para entreter o público até a cerimônia de abertura, que começará às 15h15”, disse Tiago Paes.

Portal da Copa, com informações da FIFA e do Corinthians
 

Notícias Relacionadas

Cooperativas de catadores atuaram nos 12 estádios do Mundial para a recuperação e separação dos resíduos deixados pelos torcedores durante os jogos
+
Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Estádio da abertura da Copa já rendeu R$ 6,8 milhões aos cofres corintianos, enquanto em 11 partidas como mandante neste ano, fora de Itaquera, o clube arrecadou R$ 3,2 milhões
+
Joseph Blatter e Jérôme Valcke elogiaram a organização do Mundial e a hospitalidade do povo brasileiro
+