Consórcio investirá R$ 750 milhões no aeroporto de Brasília para a Copa do Mundo

11/10/2012 - 15:43
Detalhes da obra foram apresentados pela concessionária nesta quinta-feira (11.10). Serão 15 novas pontes de embarque e um terminal de passageiros para 2014

Divulgação Inframérica#O Aeroporto Internacional Juscelino Kubistchek (Brasília/DF) terá 15 novas pontes de embarque, totalizando 28 para a Copa do Mundo. Esta é a principal obrigação do Consórcio Inframérica, vencedor do leilão feito pelo governo federal que transferiu as operações do terminal para a iniciativa privada. O grupo irá investir R$ 750 milhões no projeto até 2014.

Os detalhes do planejamento para a reforma e ampliação do aeroporto foram apresentados nesta quinta-feira (11.10). “Para a Copa do Mundo, passaremos de 13 para 28 pontes de acesso, um píer sul com 10 pontes e um norte com cinco pontes, além da reforma no terminal principal, melhorias no estacionamento, pátios e pistas”, afirmou o presidente do conselho do Consórcio Inframérica, José Antunes Sobrinho.

Divulgação Inframérica#Projeção de como serão as novas pontes de embarque e localização vista de cimaAté a Copa do Mundo, o número de vagas no estacionamento vai dobrar, passando para três mil. A entrada do aeroporto vai ganhar nova cobertura e nova pista. Também será construída uma ampla sala VIP no terceiro piso do terminal 1. As obras aumentarão a capacidade do aeroporto de Brasília de cerca de 15 milhões de passageiros por ano para 21 milhões em 2014.

O consórcio está em negociação com o BNDES para obter financiamento para os R$ 750 milhões que serão investidos até a Copa do Mundo. “A nossa carta consulta já foi aprovada e enquanto o financiamento a longo prazo não sai, vamos obter um empréstimo ponte, na casa de R$ 300 milhões, negociado também com o banco, para que possamos ter os recursos até julho do ano que vem. Além desse 300 milhões temos a capitalização obrigatória exigida no edital de concessão. Recursos não irão faltar”, assegurou Sobrinho.

Divulgação Inframérica#Copa das Confederações

O aeroporto terá algumas melhorias implementadas já para a Copa das Confederações, que terá a partida de abertura na capital federal no dia 15 de junho de 2013. A sala VIP, que ocupará grande parte do terceiro piso do terminal 1, a reforma do terminal 2 e a ampliação do estacionamento.

“Nós vamos ter algum desconforto, mas vamos tentar compensar com planejamento para não afetar os passageiros. Vamos estar em plena obra, em todas as frentes, pois nosso horizonte é 2014, mas, para a Copa das Confederações haverá um planejamento específico para atender as delegações que virão jogar em Brasília”.

Divulgação Inframérica#Obras iniciadas

Atualmente são três frentes simultâneas de trabalho: ampliação, reforma e pátio de aeronaves. As intervenções de terraplanagem para a construção do pátio remoto, no lado sul do aeroporto, já começaram. Serão transferidas nove posições de aeronaves para o local, que terá 60 mil m² e será finalizado em abril de 2013. Com a aceleração do ritmo de trabalho, o consórcio terá cerca de 600 operários atuando nos próximos meses. As intervenções iniciais de reformas incluem revitalização dos banheiros, reforma da cobertura, conserto de escadas rolantes, implantação de um elevador adicional próximo à área de embarque, pintura de estruturas metálicas e uma nova identidade visual.

No dia 28 de agosto deste ano foi iniciada a fase de transferência operacional do aeroporto da Infraero para o consórcio. O processo será concluído em 30 de novembro, quando a Inframérica passa a operar o local, sob supervisão da empresa estatal. “A Infraero continuará após o período, tanto que há obras de nossa responsabilidade, como o conjunto de luzes para aproximação das aeronaves, que está no conjunto de investimentos da empresa, além de ampliação do estacionamento, banheiros, que são obras realizadas em conjunto com o consórcio”, afirmou Gustavo do Vale, presidente da Infraero, que destacou que essas obras mais imediatas terão investimentos de R$ 20 milhões da estatal e R$ 17 milhões do consórcio.

» Assista abaixo uma projeção de como ficará o aeroporto

Gabriel Fialho - Portal da Copa
 

Notícias Relacionadas

Terminais que tiveram obras entregues foram os melhores avaliados em levantamento realizado entre abril e junho
+
Governo do DF divulgou balanço de ações para a Copa do Mundo. Investimentos em segurança, turismo, mobilidade urbana e aeroporto ficam para a cidade
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+
Time de voluntários segue a postos para auxiliar visitantes que chegam à capital até domingo, 13, para a final entre Alemanha e Argentina; atuação já deixa saudades
+