Brasil x Holanda pode determinar novo recorde de gols em Copas

11/07/2014 - 16:23
Decisões de terceiro lugar têm média de quatro gols por jogo. Caso o número seja mantido, torneio do Brasil iguala o número registrado na França, em 1998

Se depender do histórico das disputas de terceiro lugar da Copa do Mundo, a partida entre Brasil e Holanda, neste sábado (12.07), terá muitos gols no Estádio Nacional Mané Garrincha. A média é de quatro por partida: as redes foram balançadas 68 vezes em 17 confrontos desde 1934, quando a decisão foi jogada pela primeira vez. 

Caso a média seja mantida no clássico de Brasília, o Mundial do Brasil igualará o recorde de gols em uma edição, que pertence à Copa de 1998, na França. Na ocasião, 171 gols foram marcados. O torneio do Brasil registra 167 até o momento. Já a média de gols é a melhor desde 1994: 2,69, contra 2,71.

O Brasil disputou o terceiro lugar em três edições do torneio: 1938, com vitória por 4 x 2 sobre a Suécia, 1974, quando perdeu de 1 x 0 para a Polônia, e 1978, quando fez 2 x 1 na Itália. A Holanda, por sua vez, decidiu a terceira posição apenas em 1998, e perdeu para a Croácia por 2 x 1.

Confira o histórico de todas as Copas abaixo:

1930 - Não houve disputa de terceiro lugar
1934 - Alemanha 3 x 2 Áustria
1938 - Brasil 4 x 2 Suécia
1950 - Não houve disputa de terceiro lugar
1954 - Áustria 3 x 1 Uruguai
1958 - França 6 x 3 Alemanha
1962 - Chile 1 x 0 Iugoslávia
1966 - Portugal 2 x 1 União Soviética
1970 – Alemanha 1 x 0 Uruguai
1974 – Polônia 1 x 0 Brasil
1978 - Brasil 2 x 1 Itália
1982 - Polônia 3 x 2 França
1986 - França 4 x 2 Bélgica
1990 - Itália 2 x 1 Inglaterra
1994 - Suécia 4 x 0 Bulgária
1998 - Croácia 2 x 1 Holanda
2002 - Coreia 2 x 3 Turquia
2006 - Alemanha 3 x 1 Portugal
2010 – Alemanha 3 x 2 Uruguai

Renato Freire, do Portal da Copa em Brasília

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Estrangeiros e brasileiros de outras partes do país visitam marcos arquitetônicos da capital federal
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+