“Copa do Mundo” de futsal em colégio cearense tem até álbum de figurinhas dos alunos

28/05/2014 - 16:24
Em Fortaleza, cromos de Messi e Neymar ficam em segundo plano

Na página da França do álbum de figurinhas da “Copa do Mundo” de futsal do colégio Santa Cecília, não adianta procurar por Benzema, Lloris ou Ribéry. Lá, as estrelas são Lucas, Paulo e David. O trio atua pela seleção francesa no campeonato da escola de Fortaleza. Pelo quarto ano seguido, a disputa vem acompanhada de um álbum de figurinhas dos próprios alunos.

Thiago Cafardo/ Portal da CopaA iniciativa é tão consolidada entre os estudantes que, na hora do recreio, os tradicionais cromos de craques do futebol mundial ficam em segundo plano. A caça é por “você mesmo". “Consegui me tirar no primeiro dia”, conta o sortudo camisa 7 da seleção holandesa, João Roger, de 8 anos. A brincadeira já caiu no gosto inclusive dos pais. “O álbum é a coisa mais sensacional que o colégio já promoveu. Eles vão guardar isso para a vida toda”, o engenheiro Rogério Rios, pai do craque holandês.

A criação do álbum do Santa Cecília foi uma ideia do professor de educação física José Carlos Barbosa. “Sou colecionador de álbuns desde a década de 1970 e sempre vibrei muito com a surpresa que a brincadeira proporciona. Então pensei: ‘Por que não incrementar essa Copa do Mundo de futsal com um álbum dos próprios garotos?’”, lembra o pedagogo.

Nem foi preciso muito esforço para entender o quanto a ideia é bem recebida por todos no colégio. Enquanto Estados Unidos e Colômbia se enfrentavam na quadra central da escola, nas arquibancadas dezenas de estudantes e pais formavam rodinhas para promover a troca de figurinhas. “Eu não consegui me tirar. Mas ele tirou e me deu”, conta o "francês" Lucas, de 7 anos, apontando para o colega de seleção David.   

Cada pacotinho com quatro figurinhas é vendido na escola por R$ 1. Ao todo, o álbum tem quase 300 cromos – mesmo número de inscritos no campeonato. Segundo o professor José Carlos Barbosa, a ideia é promover a troca das figurinhas e garantir a interação entre os alunos. Além disso, explica ele, o álbum também tem caráter pedagógico. “Ele incentiva o olhar na matemática, no inglês (é bilíngue) e na geografia. Consegue aliar a pedagogia à diversão”, afirma.

Segundo o coordenador de esportes do colégio, professor George Marques, a febre do álbum é tão grande que, das 350 unidades impressas, pelo menos 100 foram colecionadas por pessoas que não participam dos jogos. “Temos muitos pais que compram para dar para avós, tios, primos. Além das meninas que também colecionam”, afirma. Para este ano, pelo menos 22 pais ajudaram a patrocinar a confecção dos álbuns.

Copa do Mundo

A sétima edição da Copa do colégio Santa Cecília conta com 22 seleções que participarão do Mundial da Fifa, incluindo as potências Brasil, Alemanha, Argentina, Itália e Espanha, com uniformes semelhantes aos tradicionais. Até o próximo dia 31 de maio, quase 300 atletas-mirins disputarão jogos na quadra central em busca do tão almejado troféu de campeão mundial.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+