Cultura baiana em destaque nas apresentações da Fonte Nova

07/04/2013 - 16:15
Programação teve início por volta das 14h30 com a leitura de literatura de cordel. Evento teve homenagem às vítimas da tragédia no antigo estádio em 2007 e muita música

Foto: Bapress#Margareth Menezes, a primeira a subir ao palco na festa de inauguração

Antes do esporte, a cultura baiana. O primeiro momento das apresentações que antecederam o clássico BA-VI  foi dedicado à literatura de Cordel, gênero popular nordestino escrito usualmente em rimas e impresso em folhetos.  A leitura foi feita pelo ator Fábio Lago.

Da literatura para a música. A primeira cantora a subir no palco foi  Margareth Menezes.  Na sequência vieram a torcedora fanática do Bahia, Cláudia Leitte, Dan Miranda (banda Filhos de Jorge) e Márcia Short. Mariene de Castro, com seus sambas de roda e Ivete Sangalo, para o delírio dos torcedores do Vitória, completaram a festa. O especial de 20 anos de carreira da cantora será gravado na nova arena, em dezembro.

» Confira galeria de imagens do evento de inauguração

Entre as apresentações, quatro alegorias invadiram o campo representando a tradicional baiana, o índio, a carranca (escultura típica da região do rio São Francisco) e a zambiapunga (figura folclórica do interior da  Bahia).

Fotos: Bapress#

Homenagens

Durante o show de Ivete Sangalo, houve uma homenagem aos ex-jogadores que fizeram história na antiga Fonte Nova. As sete vítimas da tragédia ocorrida na antiga Fonte Nova em 2007 também foram relembradas, com homenagem exibida em vídeo e texto lido pelo ator Fábio Lago.

Hino Nacional

Após um pequeno intervalo, que foi preenchido pelos gritos das torcidas dos dois lados, Satyra Carvalho interpretou o hino nacional, acompanhada pelo grupo de percussão Olodum. Imediatamente depois, a escalação foi anunciada e o protagonismo da festa saiu do campo e foi para as torcidas até o pontapé inicial, dado por Obina, do Bahia.

» Antes e depois: veja comparações de fotos da construção com a Fonte Nova finalizada

Carol Delmazo – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Estudo revela que a ocupação hoteleira na cidade bateu recordes, chegando a 72,26% no período do Mundial
+
Cidade hospedou campeões mundiais durante a Copa do Mundo e recebeu legados como Centro de Treinamento e promoção da imagem local
+
Tour 100% apresenta os bastidores do equipamento multiuso aos visitantes
+
Produto deve ser remodelado e seguir atendendo a turistas e baianos
+