Desafio do setor aeroportuário é alcançar patamar de qualidade ainda maior após a Copa do Mundo

30/07/2014 - 18:19
Planejamento minucioso que foi feito para o Mundial deve servir de base para a gestão e operação dos aeroportos brasileiros, na opinião do ministro da Aviação Civil, Moreira Franco

Após a avaliação positiva da operação dos aeroportos brasileiros durante a Copa do Mundo, o desafio do setor é alcançar um patamar de qualidade ainda mais elevado. Para o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, os aeroportos tiveram um desempenho exemplar, o que só foi possível devido ao empenho, à competência e ao senso de responsabilidade de todos os setores envolvidos.

"A meta é superar cada vez mais o que já demonstramos que somos capazes de fazer. Nós definimos o patamar que temos que oferecer ao passageiro e já demonstramos que temos condições de oferecer isso", afirmou o ministro nesta quarta-feira (30), em Brasília, durante solenidade de homenagem aos envolvidos na operação.

Para que os aeroportos funcionassem plenamente durante a Copa do Mundo, foi realizado um planejamento minucioso testado em cada aeroporto, com participação de todos os agentes. "Fui testemunha de vários servidores que viajaram pelo Brasil, enfrentando, superando dificuldades e, sobretudo, encontrando soluções. Eles se prepararam para isso, não foi um ato de momento. Foram anos de planejamento", disse o ministro.

Além da Secretaria de Aviação Civil, também participaram do balanço a Infraero, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), a Secretaria da Receita Federal, a Polícia Federal, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Vigiagro, os operadores aeroportuários, empresas aéreas e associações representativas do setor.

Fonte: SAC

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+