Desde o início do Mundial, cinco torcedores estrangeiros violentos já foram impedidos de entrar no Brasil

15/06/2014 - 20:52
A medida é aplicada pelos servidores responsáveis pelo controle fronteiriço e de atividades de fiscalização migratória nos portos, aeroportos internacionais e pontos de fiscalização terrestre de migração

Cinco argentinos com histórico de violência em estádios foram proibidos de entrar no Brasil desde o início do Mundial. O governo brasileiro publicou na ultima terça-feira (10.06) uma portaria que impede a entrada no país de pessoa que conste no Sistema Nacional de Procurados e Impedidos como “membro de torcida envolvida com violência em estádios” durante o período da Copa do Mundo.

Desde o dia 9, dois argentinos foram interceptados pela Polícia Federal no Rio de Janeiro, outros dois em Foz do Iguaçu e um quinto em Guarulhos, em São Paulo.

A medida é aplicada pelos servidores responsáveis pelo controle fronteiriço e de atividades de fiscalização migratória nos portos, aeroportos internacionais e pontos de fiscalização terrestre de migração.

O texto da portaria foi assinado pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e será cumprida até o final da Copa do Mundo.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
Foram produzidas mais de 60 mil matérias sobre o Brasil veiculadas em todo o mundo. De acordo com pesquisa realizada pela Fipe, 96,5% dos jornalistas internacionais recomendariam uma viagem ao país
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+