Em Cuiabá, japoneses agradecem apoio de brasileiros por ajuda após tsunami em 2011

25/06/2014 - 11:23
Torcedores levaram bandeiras e faixas com mensagens de gratidão no jogo de despedida da Arena Pantanal do Mundial

Parte dos torcedores japoneses que vieram à Arena Pantanal, em Cuiabá, prestigiar a partida entre os "Samurais Azuis" contra a Colômbia, aproveitou o momento para prestar um agradecimento aos brasileiros, pela ajuda oferecida ao Japão depois que um tsunami arrasou a costa leste do país, em 2011. Aproximadamente 13 mil pessoas morreram e cerca de 16 mil desapareceram por conta do desastre natural.

Empunhando uma bandeira japonesa com os dizeres em portugês "Os japoneses agradecem o apoio dos brasileiros às vítimas do tsunami", o casal vindo de Tóquio, Eiji Arata e Ryoko Arata, relatou que a tragédia ainda mexe com com os sentimentos da nação, sobretudo entre aqueles que perderam familiares e amigos, como é o caso deles.

"Foi muito difícil, uma grande tristeza. Eu perdi meu irmão e toda a família dele, mulher e dois filhos. Minha esposa perdeu uma sobrinha. Mas a vida segue e agora estamos aqui. Meu irmão gostava muito de futebol, era fã do Brasil, de Zico, Ronaldo, Romário. Ele ficaria muito feliz em saber que estamos apreciando uma Copa do Mundo, ainda mais no Brasil", afirmou.

Fotos: Helson França/Portal da Copa#Eliminados na primeira fase, japoneses deram lições de cordialidade e aproveitaram o evento para agradecer ao apoio humanitário brasileiro em 2011

A mensagem, na bandeira, segundo ele, nada mais é que uma "pequena retribuição ao grande suporte dado pelos brasileiros aos japoneses". "Acompanhamos de perto o processo. Apesar da distância, grande parte dos mantimentos, donativos e inclusive dinheiro vieram do Brasil", disse Eiji. O governo brasileiro doou US$ 500 mil para viabilizar atividades humanitárias de atendimento emergencial.

Vestidos com trajes que remetiam aos samurais, os amigos Kotaro Lee e Yoshio Tadashi também lembraram da ajuda dos brasileiros à tragédia de 2011. "Muitos amigos nossos perderam pessoas queridas. Foi um momento difícil. Decidimos fazer essa bandeira porque gostamos do Brasil, do futebol, das pessoas. Há muitos brasileiros no Japão. E lembramos que, na época do desastre, o povo brasileiro nos deu bastante força. Somos gratos", justificou Kotaro.

Ao todo, por volta de sete mil japoneses estiveram presentes na Arena Pantanal nesta terça-feira, conforme estimativa da Secopa. Fazendo muita festa antes do jogo e interagindo bastante com os colombianos e população local, a alegria dos torcedores orientais só não foi maior pelo fato dos "Samurais Azuis" não terem correspondido em campo. A seleção japonesa acabou goleada por 4 x 1 pela Colômbia, encerrando a participação no Mundial sem vencer nenhuma partida, com apenas um ponto.

Mobilidade e ocorrências

Como nas vezes anteriores, os milhares de torcedores que decidiram prestigiar a partida entre Colômbia e Japão não tiveram dificuldades em se deslocar ao estádio. Tanto a entrada como a saída foram tranquilas. A Arena Pantanal recebeu nesta terça-feira um público de 40.340 pessoas.

De acordo com informações da Secretaria da Copa de Mato Grosso (Secopa-MT), aproximadamente 20 mil pessoas utilizaram os ônibus das linhas especiais programadas para funcionar na data dos jogos. O funcionamento faz parte do plano de mobilidade urbana – considerado um sucesso pelas autoridades locais – elaborado pela Secopa em parceria com outros órgãos.

Em relação às ocorrências, a Polícia Civil registrou 13 casos nos arredores e área interna da Arena Pantanal, no jogo de despedida do estádio do Mundial. Foram comunicados seis furtos, quatro extravios de documentos e um desacato. Dois cambistas foram detidos por suspeita de comercializar ingressos.

Na Fan Fest, 11 atendimentos médicos foram registrados, todos envolvendo casos leves.

Helson França, do Portal da Copa em Cuiabá

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+