Em inauguração do metrô de Salvador, Dilma afirma que brasileiro pode ter orgulho da Copa

11/06/2014 - 18:25
Transporte funciona em operação assistida até setembro. Neste período, a entrada será gratuita

Roberto Stuckert Filho/ PR#

Faltando um dia para a abertura da Copa, a capital baiana ganhou um presente que aguardava há 14 anos. A presidenta da República, Dilma Rousseff, inaugurou nesta quarta-feira (11.06) o primeiro trecho do Sistema Metroviário de Salvador. Dilma rebateu críticas de quem não acreditava que o país estaria preparado para a Copa do Mundo e afirmou que estádios, aeroportos e os setores de energia e comunicação estão prontos para atender bem aos turistas e aos brasileiros.

“Vocês podem ter orgulho de como entramos nesta Copa, nós estamos entregando todos os estádios, todos os aeroportos, nossa rede de comunicação é de última geração. (…) É sempre bom a gente lembrar que ninguém leva metrô dentro da mala quando volta pro seu país, não bota na mala o aeroporto, o Fonte Nova, ele leva no coração ser bem recebido”, disse.

Acompanhada do governador Jaques Wagner e do prefeito ACM Neto, a chefe do executivo fez a primeira viagem oficial do metrô, saindo do Acesso Norte até o Campo da Pólvora, e retornando ao ponto de partida.

Até o dia 14 setembro, o trecho que vai do Acesso Norte Linha 1 até a Estação da Lapa, passando pelo Campo da Pólvora e Brotas funcionará em esquema de operação assistida, com limite diário de passageiros e entrada gratuita. O horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, de 12h às 16h. A estação Retiro também entrará operação assistida até o fim de junho. 

“Para mim, hoje é um dia histórico em Salvador”, afirmou Dilma. “O que interessa é que, depois de 14 anos, nós colocamos esse metrô para rodar”, complementou a presidenta. Apesar do transporte não estar integralmente disponível para a Copa, Dilma ressaltou o legado para a população. “A Copa tem um tempo de duração. O metrô é para o povo da Bahia, para a capital de todos os baianos”, destacou.

O trecho liberado nesta quarta-feira compreende os 5,6 quilômetros entre as estações Lapa e Acesso Norte Linha 1, que será concluído em janeiro de 2015, chegando ao bairro de Pirajá. O percurso terá uma duração de 14 minutos e os vagões terão capacidade para 200 passageiros sentados e 800 em pé. A entrega do primeiro trecho ocorre pouco mais de um ano após a responsabilidade pelo metrô ter sido transferida da Prefeitura de Salvador para o Governo do Estado.

“Eu tenho certeza que nós vamos oferecer uma estrutura que vai mudar o transporte coletivo de Salvador”, enfatizou o governo Jaques Wagner. O prefeito ACM Neto acrescentou que o metrô fará parte de um sistema mais integrado, o qual permitirá uma melhora na mobilidade urbana. “O sistema do metrô, quando concluídos os dois planos, vai ter uma integração com o sistema rodoviário”, afirmou.

Com investimento total de R$ 3,6 bilhões do Governo Federal, Estadual e da concessionária CCR Metrô Bahia, a previsão é que todo o projeto do sistema metroviário fique pronto em abril de 2017. Nesta data, será entregue a Linha 2, que sai do Detran até o Aeroporto, passando pela Rodoviária, Pernambués, Imbuí, CAB, Pituaçu, Flamboyant e Mussurunga.

Funcionamento

Nos dias de jogos na Arena Fonte Nova, o acesso ao metrô será liberado a dois mil torcedores que virão em ônibus fretados por agências de viagens. Os cinquenta veículos credenciados irão estacionar na Rótula do Abacaxi e os passageiros seguirão até o estádio de metrô.

Mellyna Reis, do Portal da Copa em Salvador

Notícias Relacionadas

Estudo revela que a ocupação hoteleira na cidade bateu recordes, chegando a 72,26% no período do Mundial
+
Tour 100% apresenta os bastidores do equipamento multiuso aos visitantes
+
Produto deve ser remodelado e seguir atendendo a turistas e baianos
+
Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que 97,3% dos casos ocorridos nas arenas foram resolvidos no próprio local
+