Encerrado mais um período de vendas de ingressos para a Copa do Mundo

30/01/2014 - 11:25
No entanto, interessados em seguir uma seleção específica ainda podem solicitar entradas até o dia 7 de fevereiro

A venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014 já atingiu uma cifra recorde. Nesta quinta-feira (30.01), foi encerrada a segunda fase de comercialização das entradas, que começou no dia 8 de dezembro, após a definição das chaves do torneio. Os pedidos dos torcedores que solicitaram os bilhetes até às 9h (de Brasília) de hoje, serão sorteados quando a demanda for maior que os ingressos disponíveis para determinada partida.

O sorteio eletrônico deste novo lote será realizado em fevereiro com a participação de representantes da Caixa Econômica Federal e do Ministério do Esporte, além de um tabelião público. Todos os solicitantes serão informados por e-mail ou SMS quanto ao êxito (total ou parcial) ou não do seu pedido até 11 de março de 2014. O período de vendas por ordem de encomenda terá início em 12 de março, às 8h (de Brasília).

Os compradores de ingressos precisam ter saldo ou limite suficiente na conta, já que em caso de pedido efetivado o pagamento será imediatamente processado. Caso não seja possível debitar o pagamento, a solicitação será cancelada, e os ingressos reservados serão oferecidos para outras pessoas.

Independente do fechamento desta janela de pedidos, as inscrições para que os torcedores solicitem ingressos de seleções específicas envolvidas em determinada partida da Copa seguem abertas até o dia 7 de fevereiro. Para cada jogo, 16% dos bilhetes serão reservados para os torcedores de ambas as equipes. Nesta modalidade, os pedidos também serão sorteados.

Recordes

Na primeira fase de vendas, que foi dividida em dois períodos, um por sorteio e outro por ordem de chegada, houve mais de 6,2 milhões de solicitações. Na última semana, mais de três milhões de pedidos tinham sido registrados pela FIFA, referentes à segunda fase de vendas. Deste total, 700 mil eram de estrangeiros.

Seleções Específicas

A FIFA também abriu no dia 8 de dezembro as inscrições para que os torcedores solicitem ingressos entre uma e sete partidas de seleções específicas que disputarão a Copa. Esta modalidade de venda continuará aberta até o dia 7 de fevereiro, independente das janelas de solicitações normais.

Para cada jogo, 16% dos bilhetes serão reservados para os torcedores de ambas as equipes (8% por time, por jogo). Somente nativos ou residentes dos respectivos países em campo, independentemente de onde residam, podem solicitar tais bilhetes. Nesta cota, apenas os ingressos de categorias 1-3 estão disponíveis. Eles também serão sorteados nos casos em que a demanda for maior que a oferta.

Estes bilhetes das cotas das seleções estão sendo vendidos por um link especial que pode ser acessado tanto via FIFA.com/ingressos quanto pela página da respectiva equipe na seção Copa do Mundo da FIFA no FIFA.com. É importante notar que cada associção-membro participante pode decidir que apenas os membros do seu fã-clube tenham acesso a esses bilhetes específicos para torcedores.

Segurança

As solicitações são feitas, exclusivamente, pelo site da FIFA, sendo a única fonte de ingressos oficiais e garantidos para a Copa do Mundo. Mais nenhum site e nenhum terceiro tem qualquer direito de vender legitimamente ingressos para a competição.  Por razões de segurança, a retirada de ingressos vai começar apenas em abril de 2014, coincidindo em geral com a abertura dos Centros de Distribuição de Ingressos da FIFA nas sedes.

» Venda de ingressos para a Copa: um guia completo

Portal da Copa, com informações da FIFA

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+