Espanha goleia a Itália e reforça o status de melhor do mundo

01/07/2012 - 17:40
Fúria bateu a Azzurra por 4 x 0 em Kiev, na Ucrânia, e conquistou o título da Eurocopa 2012. As duas seleções estarão na Copa das Confederações de 2013, no Brasil

Líder do ranking da FIFA, campeã da última Eurocopa e vencedora da Copa do Mundo da FIFA 2010, a Espanha referendou neste domingo (01.07), em Kiev, na Ucrânia, o status de seleção mais consistente do mundo. A Fúria abriu 2 x 0 na primeira etapa da final da Eurocopa 2012, contra a Itália, dobrou o marcador no segundo tempo e conquistou o título continental. David Silva, Jordi Alba, Fernando Torres e Mata foram os autores dos gols.

Como a Espanha já tinha vaga na Copa das Confederações, em 2013, por ser a campeã mundial, a vaga do continente europeu ficará com a Itália. As duas equipes se juntam a Brasil, México, Japão, Uruguai e Taiti no torneio que será disputado de 15 a 30 de junho. Falta apenas o representante africano, que sairá da Copa das Nações da África, em 2013.

No primeiro tempo da decisão, a Itália até mostrou uma postura diferenciada. Com uma defesa sólida e avançada, conseguiu quebrar a posse de bola, característica marcante da Espanha. Mas o toque refinado da equipe ibérica se fez presente aos 12 minutos, quando Iniesta achou Fábregas nas costas da zaga italiana. O meia avançou à linha de fundo e cruzou para trás, na cabeça de David Silva, que conferiu com competência.

A Itália não se abalou. Partiu para cima, continuou com a defesa avançada e equilibrou as ações. A Espanha, contudo, soube segurar o ímpeto dos adversários e, quando não conseguiu evitar as conclusões, o goleiro Casillas se mostrou firme. Até que, aos 40 minutos, Xavi avançou pela intermediária, viu a corrida do lateral esquerdo Jordí Alba pelas costas da zaga e lançou com precisão. O defensor espanhol dominou com categoria e tocou na saída de Buffon: 2  x 0.

Na segunda etapa, os italianos tiveram um revés. Thiago Motta, que entrou no time como terceira substituição, sentiu uma lesão muscular e deixou o gramado aos 16 minutos. Assim, a Azzurra atuou com dez o restante do tempo e ficou difícil deter o bom toque de bola espanhol. Aos 38 minutos do segundo tempo, numa saída de bola errada, Xavi lançou Fernando Torres, que só tirou de Buffon e comemorou o terceiro gol. Para completar, aos 43 minutos, Fernando Torres recebeu com liberdade, mais uma vez, e deixou Mata na cara do gol. Ele só teve o trabalho de rolar para dentro e celebrar.

Foto: Laurence Griffith/Getty Images#

Campanha da Espanha
Fase de Grupos
Espanha 1 x 1 Itália
Espanha 4 x 0 Irlanda
Croácia 0 x 1 Espanha

Quartas de final
Espanha 2 x 0 França

Semifinal
Espanha 0 x 0 Portugal (4 x 2 nos pênaltis)

Final
Espanha 4 x 0 Itália

Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Até o meio da tarde de segunda-feira já haviam sido superados 715 movimentos aéreos, com até 52 decolagens por hora
+
Atacante Lukas Podolski diz que escolha do país para sediar a Copa do Mundo foi perfeita
+
Prêmios individuais foram revelados durante a cerimônia de premiação da Alemanha pelo tetracampeonato conquistado no Maracanã
+
Alguns preferiam alemães por causa da rivalidade com vizinho sul-americano. Outros apoiaram argentinos devido à eliminação brasileira
+