Favorito, Uruguai estreia contra a Costa Rica em busca do sonho do tri

13/06/2014 - 21:24
Jogo na Arena Castelão, em Fortaleza, começa às 16 horas. Atacante Luiz Suárez deve ser poupado pelo técnico uruguaio

Fotos: Getty Images#Costa Rica (em cima) e Uruguai (em baixo) reconheceram o gramado do CastelãoNos últimos 64 anos, em nenhuma Copa do Mundo os uruguaios chegaram tão confiantes. Nas ruas de Fortaleza, o que mais se ouve entre os torcedores é a possibilidade de repetir o título conquistado em 1950, no Maracanã. O otimismo dos vizinhos sul-americanos, desta vez, não se dá graças ao estilo aguerrido da equipe. Mas sim à excelência ofensiva, que conta com dois dos principais atacantes do mundo, Suárez e Cavani. Neste sábado (14.06), às 16 horas, na Arena Castelão, o Uruguai encara o primeiro desafio em busca do sonhado tricampeonato mundial diante da Costa Rica.

O treinador Óscar Tabarez, porém, prefere manter os pés no chão ao falar do “fantasma de 1950”, criado pelos uruguaios em alusão ao título conquistado em cima da Seleção Brasileira, no Maracanã. “Fantasma é uma peça de publicidade que foi criada e parece que pegou entre os torcedores. Mas estamos focados e não podemos nos distrair com esse tipo de coisa”, disse o técnico. 

Largar bem contra os costarriquenhos é fundamental para as pretensões da Celeste. Isso porque a seleção uruguaia está no chamado “grupo da morte”, com os campeões mundiais Itália e Inglaterra. No último treino antes da partida, nesta sexta-feira (13), o técnico uruguaio não confirmou a escalação de Suárez para o jogo contra os costarriquenhos. A tendência é que o atacante, que passou por uma artroscopia no joelho há menos de um mês, seja poupado para as próximas partidas.

Costa Rica

Apesar do favoritismo dos adversários do grupo, o técnico Jorge Luís Pinto acredita que pode surpreender o Uruguai neste sábado. “Temos que ter a tranquilidade necessária e o equilíbrio para os jogos. Estou dedicando todas as minhas forças e atenções para o detalhe. Vamos dar o máximo e tentar ganhar os três jogos”, disse o otimista treinador da Costa Rica.

Rivalidade?

O confronto mais recente entre Uruguai e Costa Rica ocorreu na repescagem das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul. Na ocasião, os sul-americanos se classificaram após uma vitória de 1 a 0 e um empate por 1 a 1. "A maioridade dos jogadores que estão hoje não participaram daqueles jogos. É uma outra situação", garantiu o meia-atacante Ureña.

Ficha Técnica

Uruguai: Muslera, Maxi Pereira, Lugano, Godin, Cáceres, Gargano, Arévalo Rios, Christian Rodriguez, Stuani, Cavani e Forlán (Suárez). Técnico: Oscar Tabarez

Costa Rica: Navas; Umaña, Gonzales e Miller; Gamboa, Borges, Cubero, Junior Díaz; Ureña, Bryan Ruiz e Joel Campbell. Técnico: Jorge Luis Pinto

Transporte

Para chegar à Arena Castelão neste sábado, o torcedor terá 300 ônibus grátis de sete bolsões de estacionamento em Fortaleza – shoppings Iguatemi, Via Sul, Parangaba e Jóquei, além do Campus do Pici da UFC, Cambeba e Unifor. Além desses, linhas especiais partirão do Aeroporto Internacional Pinto Martins e da avenida Abolição, com seis paradas entre a avenida Barão de Studart e Via Expressa. A zona hoteleira também será atendida com duas linhas que irão até o bolsão do Iguatemi.

No desembarque, haverá 10 micro-ônibus para levar torcedores com mobilidade reduzida até a Arena Castelão. Para o percurso de volta do estádio, os espectadores deverão embarcar nos mesmos locais de desembarque e ficar atentos aos nomes das linhas, que farão o caminho inverso em direção aos bolsões de estacionamento.

Os ônibus expressos para a Arena Castelão começarão a funcionar às 10 horas e terminarão quatro horas após o fim da partida. Os coletivos farão o desembarque dos passageiros nas avenidas Paulino Rocha, Silas Munguba e Alberto Craveiro, de onde os torcedores seguirão a pé até o estádio. A expectativa da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) é de que pelo menos 35 mil pessoas utilizem os ônibus gratuitos para chegar ao estádio.

Endereços dos bolsões

- Centro de Eventos/Unifor: avenida Washington Soares, 999

- Campus do Pici da UFC: avenida Mister Hull, 2977

- Cambeba: avenida General Afonso Albuquerque Lima, 1

- North Shopping Jóquei:  avenida Lineu Machado, 419

- Shopping Parangaba: rua Germano Franck, 300

- Shopping Iguatemi: avenida Washington Soares, 85

- Shopping Via Sul: avenida Washington Soares, 4335

Mobilidade

Fortaleza inaugurou três importantes obras de acesso ao Castelão na última semana. Com investimento de R$ 38,4 milhões, a rotatória e o túnel em frente ao estádio possibilitam a interligação das avenidas Paulino Rocha, Alberto Craveiro, Silas Munguba (antiga Dedé Brasil) e Juscelino Kubitschek.

Já as avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro, que também foram liberadas para o tráfego de veículos, tiveram investimento de R$ 19,5 milhões e R$ 28,6 milhões, respectivamente, e serão importantes pontos de estacionamentos dos ônibus que partirão para os bolsões.

Segurança

A Arena Castelão será monitorada pelos batalhões de Policiamento de Eventos e de Choque da Polícia Militar. Os policiais farão a contenção de segurança a partir dos Pontos de Verificação Veicular (PVV), a cerca de um quilômetro do campo. O estádio terá ainda a Delegacia do Torcedor e o Juizado Especial para o atendimento de ocorrências. Ao todo, mais de 7 mil agentes de segurança trabalharão na capital cearense durante a Copa do Mundo.

Os PVVs serão instalados no cruzamento das seguintes avenidas: Alberto Craveiro x Senador Carlos Jereissati; Juscelino Kubitschek x Perimetral; Paulino Rocha x BR-116; Silas Munguba x Desembargador Otacílio Peixoto; Alberto Craveiro x rua Paula Frassinetti; Paulino Rocha x Desembargador Otacílio Peixoto. Apenas veículos credenciados poderão passar pelas barreiras.

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

Notícias Relacionadas

Na arena Castelão, foram 49,4 toneladas, enquanto na Fan Fest foram outras 41,4 toneladas. Atividade envolveu 350 catadores de 17 instituições
+
O artilheiro do Mundial com seis gols ainda alcançou a terceira posição com o tento anotado contra o Japão, em enquete promovida pela FIFA
+
Espaços oferecem entretenimento, local para descanso, informações turísticas, internet wifi e outras comodidades para os viajantes. No Santos Dumont, 26,8 mil pessoas aproveitaram a estrutura oferecida
+
Nas duas sedes, os voluntários do governo federal atuaram durante a fase de grupos, oitavas de final e quartas de final. Agora, atuação será focada na FIFA Fan Fest em dias de jogos
+