Divulgados detalhes da coletiva sobre a confirmação das sedes da Copa das Confederações e a venda de ingressos

31/10/2012 - 10:00
Evento será realizado em 8 de novembro no Museu do Futebol, em São Paulo. Estarão presentes representantes da FIFA, do COL e do Governo Federal

A FIFA e o Comitê Organizador Local (COL) divulgaram informações sobre a coletiva de imprensa de 8 de novembro para a confirmação das cidades-sede da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013 e para a divulgação das informações sobre a venda de ingressos para o torneio.

Entre os participantes estarão José Maria Marin (presidente do Comitê Organizador Local - COL), Ronaldo (membro do Conselho de Administração do COL), Thierry Weil (diretor de marketing da FIFA responsável pela venda de ingressos), Walter De Gregorio (diretor de comunicação e assuntos públicos da FIFA), Aldo Rebelo (Ministro do Esporte) e Luis Fernandes (secretário executivo do Ministério do Esporte).

A coletiva de imprensa será às 10h (de Brasília) no Museu do Futebol do Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

A previsão atual para a Copa das Confederações inclui seis sedes: Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. Brasília receberá a abertura, em 15 de junho de 2013, e as demais sedes terão três jogos, de acordo com a tabela divulgada pela FIFA. Estão confirmados no torneio, além do Brasil, outros três campeões mundiais: Espanha, Uruguai e Itália. Os demais participantes são México, Japão, Taiti e um último representante, do continente africano, que será confirmado no início do ano que vem, na Copa Africana de Nações.

O sorteio dos grupos será em 1º de dezembro, também em São Paulo. Dois dias depois, segundo a previsão da FIFA, terá início a venda de ingressos para o torneio.

Fonte: Portal da Copa, com informações da FIFA

Notícias Relacionadas

Durante o Mundial foram feitas 11.251 denúncias de abusos contra crianças e adolescentes
+
Equipamentos substituem luminosidade do sol, favorecendo a germinação da grama
+
Estádio da abertura da Copa já rendeu R$ 6,8 milhões aos cofres corintianos, enquanto em 11 partidas como mandante neste ano, fora de Itaquera, o clube arrecadou R$ 3,2 milhões
+
Foram registradas 5.185 demandas nos aeroportos e 75 nos estádios das 12 cidades-sede
+