Governo e prefeitura de Minas celebram “nove jogos em dois torneios"

20/10/2011 - 18:51
O estádio de Belo Horizonte receberá seis partidas em 2014 e outras três na Copa das Confederações, em 2013

O governo de Minas Gerais celebrou o anúncio dos calendários dos jogos da Copa do Mundo da FIFA de 2014 e da Copa das Confederações, em 2013. Belo Horizonte receberá, no Mineirão, nove partidas das duas competições. Em entrevista após o anúncio da Fifa, o governador do estado, Antonio Anastasia, comemorou o fato de Belo Horizonte ser uma das cidades-sede com o maior número de jogos, depois do Rio de Janeiro.

“Ficamos extremamente satisfeitos. Seremos, depois do Rio de Janeiro, a cidade que terá o número maior de jogos. E se o Brasil, como esperamos, terminar em primeiro lugar no seu grupo de classificação na primeira fase, poderá jogar duas vezes em Belo Horizonte: nas oitavas de final e na semifinal. Portanto, a cidade foi extremamente prestigiada”, afirmou Anastasia.

As estatísticas são favoráveis ao Brasil e aos anseios mineiros. Desde 1978, o Brasil é o primeiro colocado na fase inicial. Outro dado a favor: no Mineirão, em 20 jogos oficiais e amistosos, a Seleção ganhou 15, empatou três e perdeu apenas dois.

“Ficamos muito satisfeitos. Fizemos uma mobilização pública pela abertura da Copa no Mineirão, o que nos deu visibilidade e, com isso, o reconhecimento pela boa gestão. Agora é como costumo dizer, temos que valorizar o que é nosso e serão nove jogos”, destacou Sergio Barroso, secretário Extraordinário da Copa do Mundo em Minas.

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda,  ressaltou a satisfação com a tabela: “Estou extremamente satisfeito com o calendário, que privilegia BH, em reconhecimento pelo trabalho que está sendo desenvolvido em conjunto pela prefeitura e pelo governo”, disse.

Fonte: Secopa-MG

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+