Governo e prefeitura fazem balanço de ações para a Copa em Manaus

11/06/2014 - 15:16
Segundo autoridades, obras necessárias para o evento foram concluídas e cidade recebeu investimentos em segurança e qualificação

Foto: Agnaldo Oliveira Júnior/Portal da Copa#A Arena da Amazônia receberá quatro jogos da CopaEm entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (11.06), o governador do Amazonas, José Melo, e o prefeito de Manaus, Arthur Neto, afirmaram que foram concluídas as ações e obras necessárias para o início da Copa do Mundo da FIFA na capital amazonense.

Segundo eles, as paradas de ônibus foram revitalizadas e receberam sinalização para orientar turistas e torcedores. Pontos turísticos como a praia de Ponta Negra, que vai receber a Fan Fest, o Mercado tradicional da cidade, no centro, e os parques urbanos receberam projetos de reforma que foram concluídos.

Ações com parcerias firmadas com o Governo Federal também foram concluídas na esfera estadual de governo. Os estacionamentos que vão dar comodidade aos torcedores e vão estar próximos ao estádio estão prontos, mais de R$ 100 milhões foram investidos em aparelhamento e treinamento de profissionais para atuarem na segurança. Durante e após o evento, 60% da cidade de Manaus pode ser monitorada por câmeras direto do Centro Integrado de Comando e Controle Regional.

No plano da qualificação, 26 mil pessoas foram treinadas em cursos criados com a intenção de preparar profissionais para a Copa do Mundo. No fim da manhã, o governador e o prefeito visitaram o gramado da Arena da Amazônia, que receberá quatro jogos da Copa.

Agnaldo Oliveira Júnior, do Portal da Copa em Manaus (AM)

Notícias Relacionadas

Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+
Jogos na Arena da Amazônia foram vistos por mais de 240 milhões de pessoas
+
Mais de R$ 1 bilhão foram investidos em equipamentos nas cidades-sede
+
Ministro das Comunicações destaca infraestrutura que possibilitou a transmissão de 166 terabytes de informação. Balanço também é positivo nas áreas de energia e mobilidade urbana
+