Guarda municipal de Curitiba recebe treinamento para Copa

09/05/2012 - 16:07
Integrantes serão capacitados em técnicas de pilotagem e uso de armamentos não letais

Foto: Luiz Costa/SMCS#

Integrantes da Guarda Municipal de Curitiba estão sendo capacitados em técnicas de pilotagem e uso de armamentos não letais como parte da preparação para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. No curso de Técnicas de Pilotagem em Motocicletas, com carga horária de 24 horas, os integrantes da Guarda Municipal recebem aulas de condução para atuar em diversas modalidades de pilotagem.

Com 63 horas de duração, o principal objetivo do curso de Espingarda Calibre 12 é preparar o Guarda Municipal na utilização adequada do armamento, utilizando munições não letais com a finalidade de ações de grande movimentação da população como jogos e shows.

Outras metas do curso são preparar o agente para uma ação defensiva; realizar técnicas de pilotagem em baixa velocidade; identificar gestos de um motociclista; desenvolver deslocamentos em comboio com motocicletas; apresentar e realizar tipos de escolta e seu funcionamento; funções dos integrantes de uma escolta e planejamento de uma escolta.

Além de diversos cursos oferecidos aos profissionais da área de segurança, entre os procedimentos previstos por Curitiba para receber o Mundial estão a ampliação do sistema de videomonitoramento, que passará das atuais 116 câmeras para 450, o reforço do Grupamento Tático de Motos e o treinamento dos guardas para atender os visitantes com informações turísticas.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Notícias Relacionadas

Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+
Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Profissionais federais e distritais trabalharão juntos em evento que terá 19 chefes de Estado
+
Governo do DF divulgou balanço de ações para a Copa do Mundo. Investimentos em segurança, turismo, mobilidade urbana e aeroporto ficam para a cidade
+