Invasão americana e esperança lusa na chegada à Arena da Amazônia

22/06/2014 - 18:37
Estados Unidos e Portugal se enfrentam a partir das 19h no estádio de Manaus

Uma invasão de 35 mil norte-americanos marca a chegada da torcida à Arena da Amazônia para o duelo entre Estados Unidos e Portugal, a partir das 19h, em Manaus. O jogo será diante de um calor que beira os 30 graus centígrados e com umidade superior a 80%.

Desfalcada e diante da pressão de precisar vencer para seguir na competição, Portugal estará em minoria, mas uma minoria esperançosa no time que tem como referencia o melhor do mundo Cristiano Ronaldo.

“Nós vamos vencer hoje porque temos raça e aprendemos a superar desafios iguais a este”, diz o economista Luís Jervell. Luís veio a Manaus com um grupo de cinco amigos e comentou que está surpreso com a cidade. “É incrível. Não esperava que fosse assim. Fomos muito bem recebidos”, disse Luís.

Fotos: Agnaldo Oliveira Júnior/Portal da Copa#Torcedores apostam em um bom jogo na Arena da Amazônia

Peter Li trouxe esposa e amigos a Manaus e se juntou a uma legião de torcedores americanos que tomou conta de locais de exibição pública instalados na cidade. No Teatro Amazonas, no Centro de Manaus, eles montaram a base para seguir até o estádio. “Estamos felizes por estar aqui. A cidade é quente e isso se reflete no calor da pessoas. A recepção foi calorosa, “disse Peter, que está em Manaus com mais sete amigos.

Grande parte dos torcedores hospedados no centro apanhou táxis que foram organizados para levá-los até os pontos mais próximos da Arena da Amazônia. No estádio, as manifestações de patriotismo americanas estão por toda a parte. Philip e Halley Ehrlich vieram a Manaus com a certeza de que a seleção não vai decepcioná-los. “A equipe está motivada e isso passa para os torcedores. Hoje dá Estados Unidos", diz o médico Philip.

Um grupo de portugueses que mora na Austrália cruzou continentes para estar em Manaus. E eles acreditam que a estrela de Cristiano Ronaldo vá brilhar. “Estamos aqui para assistir a uma vitória”, diz o patriarca da família e chef de cozinha Ernesto Souza.

Agnaldo Oliveira Júnior, do Portal da Copa em Manaus

Notícias Relacionadas

Jogos na Arena da Amazônia foram vistos por mais de 240 milhões de pessoas
+
A atuação de Messi na final da Copa do Mundo não agradou os torcedores, mas craque foi aplaudido quando apareceu no telão após a derrota para a Alemanha
+
Torcedores das duas equipes elogiam clima de festa que permeou a Copa do Mundo no Brasil
+
É a terceira final do torneio entre as duas equipes. Segundo Mundial realizado no Brasil é marcado por chuva de gols, viradas e jogos decididos nos minutos finais
+