Jogadores ressaltam “cara de Copa do Mundo” da partida contra a Sérvia

06/06/2014 - 21:03
Teste foi considerado difícil e importante para a preparação da equipe rumo ao Mundial que terá início na semana que vem

Último, mas não menos importante. Pelo contrário: os jogadores da Seleção Brasileira consideraram a partida contra a Sérvia, vencida por 1x 0 nesta sexta-feira (6.06), no estádio Morumbi, em São Paulo, um teste de grande dificuldade, já aos moldes dos desafios que virão pela frente no Mundial.

“Foi um teste super positivo porque é o que a gente vai enfrentar na Copa do Mundo. Seleções bem posicionadas, taticamente sempre atrás da linha da bola e temos que ter paciência. A gente que cria as jogadas tem que ter frieza e tranquilidade porque na Copa vai ser pior”, disse o lateral direito Daniel Alves.

“A dificuldade foi muita, mas com certeza a estreia será ainda mais difícil”, complementou Maicon, que entrou no lugar de Daniel Alves durante o segundo tempo. Ele saiu de campo, ao fim do jogo, colocando a mão na perna, mas disse que foi apenas uma pancada. “Só um susto. Na hora que coloquei o pé para girar, acabei tomando uma joelhada no glúteo, mas está tudo certo”, disse.

Foto: Mowa Press#Para Thiago Silva, o entrosamento na zaga com David Luiz cresce a cada jogo

Thiago Silva avaliou a partida de forma semelhante. “Hoje tivemos grande dificuldade no primeiro tempo, e isso mostra o que enfrentaremos no jogo contra a Croácia. Foi muito bom esse teste”, acrescentou.

O capitão da equipe também comentou o trabalho em campo com a dupla de zaga, David Luiz. “O entrosamento está melhorando cada dia mais. No primeiro tempo, teve um lance de indecisão que poderia complicar o jogo, mas graças a Deus o rapaz da Sérvia estava impedido. Temos alguns dias para melhorar ainda mais”, disse.

Pressões

Oscar foi questionado se estaria pressionado e receoso de perder o lugar no time titular para o meia Willian, que o substituiu no intervalo de jogo. Para o jogador do Chelsea, essa pressão se encontra mais na mídia do que na realidade. “Está tranquilo, estou jogando bem e hoje foi difícil para todo mundo. Lógico que vão pegar mais no meu pé porque esperam mais de mim. Vou trabalhar bastante para fazer uma grande estreia. E o Felipão dá toda a confiança do mundo pra mim”, disse.

Fred, que é centroavante, comentou o fato de a torcida ter gritado o nome de Luis Fabiano, atleta do São Paulo que joga na mesma posição e já serviu a Seleção Brasileira. “Isso é cultura do torcedor, gritar o nome de um jogador que é mais da sua região. A gente passa isso lá em Belo Horizonte. Se eu perder duas bolas, vão gritar Jô, e se ele errar vão gritar meu nome, faz parte. Claro que a gente quer incentivo, mas temos que nos concentrar dentro de campo” disse.

O atacante também falou sobre o único gol da partida, marcado aos 12 minutos do segundo tempo, que fez lembrar o primeiro gol anotado por ele na vitória por 3 x 0 contra a Espanha na final da Copa das Confederações de 2013. “Pra mim foi até mais difícil e mais bonito, tive que segurar dois zagueiros, teve uma escorregada e um empurrão. E conseguir bater firme, mesmo que caindo. E nos deu a vitória”, explicou.

A Seleção terá folga neste sábado (7.06) e se reapresenta no Centro de Treinamento da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), na manhã do próximo domingo (8.06). A estreia na Copa está marcada para a próxima quinta-feira (12.06), às 17h, na Arena Corinthians, também em São Paulo.

Carol Delmazo – Portal da Copa

Notícias Relacionadas

As duas equipes se enfrentarão em Singapura. Este será o quarto jogo do Brasil neste segundo semestre
+
Taffarel será o preparador de goleiros, enquanto Mauro Silva ocupará o cargo de assistente técnico, criado para ser rotativo. Andrey Lopes será o auxiliar
+
Coordenador geral de seleções, Gilmar Rinaldi, confirmou que o Brasil será comandado pelo treinador da equipe de base, Alexandre Gallo, nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Novos membros da comissão técnica serão anunciados em breve
+
“Eu e o Tetra – Lembranças de 1994” conta com depoimentos de ex-jogadores como Romário e Raí e do técnico Parreira
+