Líderes religiosos enviam mensagens de paz para a Copa do Mundo

12/06/2014 - 12:46
Representantes de religiões espalhadas pelos quatro continentes enviaram mensagens de saudação, encorajamento e contra o racismo

A Copa do Mundo de 2014 começa nesta quinta-feira (12) e para celebrar um dos maiores eventos esportivos do planeta, representantes de diversas religiões espalhadas pelos quatro continentes enviaram mensagens de saudação, encorajamento, contra o racismo e a favor da paz ao Brasil e aos demais países que acompanharão este momento de confraternização entre nações. Confira trechos das mensagens enviadas ao governo brasileiro:

Aliança Evangélica Mundial

“A Copa do Mundo no Brasil é uma oportunidade para que os povos de todo o mundo se encontrem, reconhecendo nossas diferenças, e, ao mesmo tempo, celebrando a multiplicidade da criação de Deus. É a esperança e a prece de todos nós da Aliança Evangélica Mundial de que essa Copa do Mundo seja marcada pela alegria, pela paz e pela boa-vontade, enquanto todos nós apreciamos a bela dança que é o futebol nesse belo país, que presenteou o mundo com alguns do melhores dançarinos desse esporte.”

A Casa Universal de Justiça - Fé Bahá’í

“Poucos eventos abraçam um espectro tão amplo da humanidade, incluindo povos de várias etnias, religiões e culturas. Está claro para qualquer observador que o esporte que trouxe essas nações ao Brasil é fortalecido pela maravilhosa diversidade dos participantes. Alegrar-nos com esse fato é rejeitar o preconceito em todas as suas formas. De fato, nada é tão impactante nesse espetáculo extraordinário do futebol quanto a capacidade de refletir a cultura global que emergiu em nossa época. Ao reunir as nações em espírito de amizade, a Copa indica, de maneira marcante, que a cooperação e a união de esforços são possíveis em todas as áreas.”

Candomblé

“Neste momento, peço que todos meus irmãos e irmãs do candomblé roguem as suas divindades para que abençoem plenamente este momento de encontro entre as nações.”

Conselho Mundial de Igrejas

Todos sabem como o povo brasileiro ama o futebol. Esperamos que este amor se manifeste em vários aspectos que envolvem este evento global e que, ao seu final, a Copa do Mundo também seja lembrada como um momento histórico na busca dos povos por justiça e paz.

Kardecismo

“A Federação Espírita Brasileira tem divulgado em seu Portal e nas Redes Sociais, desde o dia 22 de maio, a mensagem mediúnica alusiva aos Jogos intitulada ‘Prudência’, e que tem gerado grande repercussão. Trechos da mensagem ‘Prudência’: ‘A Pátria do Cruzeiro, com a responsabilidade de representar a fraternidade na Terra, está diante dos olhos do Mundo que aproveitando a ocasião dos jogos redescobre o Brasil. [...J que a prudência nos conduza com equilíbrio à condução do processo das mudanças necessárias. [...] queremos pedir aos nossos companheiros o hábito da oração em favor da paz’."

Catolicismo

“O segredo da vitória, no campo, mas também na vida, está em saber respeitar o companheiro do meu time, mas também o meu adversário. Ninguém vence sozinho, nem no campo, nem na vida! Que ninguém se isole e se sinta excluído! E atenção: não à segregação! Não ao racismo! E, se é verdade que, ao término deste Mundial, somente uma seleção nacional poderá levantar a taça como vencedora, aprendendo as lições que o esporte nos ensina, todos vão sair vencedores fortalecendo os laços que nos unem.”

Patriarca Grego

“O esporte e a competição modernos têm a capacidade de sobrepor-se à discriminação racial e cultural, bem como diferenças econômicas e políticas, ao mesmo tempo em que contribuem para a estabilidade social e a paz global. Em última instância, o esporte genuíno promove a tolerância, o diálogo e a reconciliação entre comunidades e países.”

Soka Gakkai

“Pessoas de diversas etnias, culturas e crenças têm suas diferenças sobrepujadas, vivendo em comunhão ou numa sintonia perfeita de sentimentos. É justamente neste aspecto que tenho o Brasil como exemplo. Sua democracia étnica aliada à cultura do futebol forma uma poderosa e infalível força para criação de uma cultura de paz.”

Patriarcado Russo

“The World Cup is one of the sports major events that attracts the interest of millions of people, cheering for their respective national teams.   There are many faithful among attendees and fans. It  is obvious that it is possible to win sports competitions by sheer will alone, high spirits, and solidarity among all members of the team.  These human characteristics are reinforced by faith and hope in God’s help.”

Rabinos

“O esporte deve ser visto, em si mesmo, como um meio de cumprirmos nossas obrigações com o divino dom da saúde e do bem-estar. O esporte em equipe tem o poder de inculcar os valores humanos da cooperação e da responsabilidade e nos fazer aceitar êxitos e fracassos com dignidade. A Copa do Mundo da FIFA oferece a todos nós a oportunidade de sublinhar o valor positivo da competição criativa que deve expressar-se com respeito e justiça. Acima de tudo, oferece a oportunidade de promover a boa-vontade entre as nações do mundo e de salientar o valor divino da dignidade humana, sem diferenças de raça, cor ou credo.”

Grande Imame

“Ó seres humanos! Façam deste evento esportivo internacional uma oportunidade para promover o espírito de paz e de igualdade entre as pessoas e para transmitir sentimentos de amor e irmandade e para eliminar a injustiça, o mal e a descriminação entre os seres humanos. Façam deste evento uma oportunidade para ajudar os vulneráveis, os pobres, os doentes e os desfavorecidos. São esses os valores promovidos pelo esporte de que precisam agora as nossas sociedades.”

  • Aliança Evangélica Mundial - Dr. Geoff Tunnicliffe, Secretário-Geral/CEO]
  • A Casa Universal de Justiça - Fé Bahá’í
  • Conselho Mundial de Igrejas - Rev. Dr Olav Fykse Tveit
  • Candomblé - Beatriz Moreira Costa. (Mãe Beata de Iemanjá - Terreiro Ilê Omiojuarô)
  • Kardecismo - Antonio Cesar Perri de Carvalho, Presidente da Federação Espirita Brasileira
  • Catolicismo – Papa Francisco
  • Patriarca Grego – BARTOLOMEU - Arcebispo de Constantinopla-Nova Roma e Patriarca Ecumênico
  • Patriarcado Russo – Ilarion - President of the Department of External Church Relations Patriarchate of  Moscow    Metropolitan of Volokolamsk
  • Rabinos - Oded Wiener - Diretor-Geral do Rabinato de Israel
  • Grande Imame - Xeque de Al Azhar - Ahmed Al-Tayeb
  • Soka Gakkai – Daisaku Ikeda

Notícias Relacionadas

Vencedores de todos os prêmios - incluindo melhor goleiro, jogador jovem e artilheiro - serão revelados após a final entre Alemanha e Argentina, em 13 de julho, no Maracanã
+
Três jovens de cada um dos países em conflito formam o “Time da Paz” no Festival Football for Hope no Rio de Janeiro
+
Douglas da Costa, de 10 anos, acompanhou Irã x Nigéria na Arena da Baixada
+