Lixo produzido na partida inaugural do Mané Garrincha foi destinado para reciclagem

23/05/2013 - 18:11
Arena de Brasília para a Copa das Confederações e Copa do Mundo recebeu a final do Campeonato do DF no dia 18 de maio. Iniciativa recolheu mais de uma tonelada de resíduos sólidos

O lixo produzido pelos mais de 20 mil torcedores que participaram da inauguração do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha foi recolhido, separado e vendido por cooperativas, ação que será repetida em grandes eventos para diminuir impactos ambientais e gerar lucro para os catadores do Distrito Federal.

A iniciativa faz parte do projeto Agente de Mobilização Social para Grandes Eventos, e recolheu mais de uma tonelada de resíduos sólidos, 90% deles reaproveitados e vendidos pelas cooperativas. "Esse projeto é fundamental para promoção do cuidado com espaços públicos e reconhece a importância dos catadores de materiais recicláveis no processo de educação ambiental", destacou o secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel.

Ao todo, 63 duplas, vestidas com camisetas verdes e amarelas, foram responsáveis por sensibilizar os espectadores do primeiro jogo teste, com orientações e esclarecimentos sobre a importância do processo de coleta e destinação dos resíduos ali produzidos. As pessoas que atuaram dentro do Estádio Nacional na inauguração também estarão presentes na abertura das Copas das Confederações e nas atividades que acontecerão no Centro de Convenções durante o período da Copa.

O projeto formará 150 duplas de catadores e alunos e totalizará 300 participantes. A expectativa é difundir entre os frequentadores do estádio e de outros grandes eventos que acontecerão no Distrito Federal informações sobre a importância social e ambiental da Coleta Seletiva Solidária, além de auxiliar na promoção da inclusão social e produtiva dos cooperados.

» Acompanhe a cobertura completa do Portal da Copa para a inauguração do Estádio Nacional de Brasília

Fonte: Agência Brasília

Notícias Relacionadas

No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Na arena Castelão, foram 49,4 toneladas, enquanto na Fan Fest foram outras 41,4 toneladas. Atividade envolveu 350 catadores de 17 instituições
+
Estrangeiros e brasileiros de outras partes do país visitam marcos arquitetônicos da capital federal
+