Loja de artesanato no Rio de Janeiro atrai turistas estrangeiros

06/07/2014 - 11:26
Itens de iniciativa do governo federal ficam expostos e à venda até o dia 13 de julho no Parque das Ruínas, em Santa Teresa

Peças de artesãos de 20 estados brasileiros estão em exposição e à venda na loja do projeto Vitrines Culturais do Governo Federal no Rio de Janeiro até o dia da final da Copa do Mundo (13.07). A comercialização é feita em um estande montado no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, bairro que tradicionalmente atrai turistas estrangeiros.

E são eles os principais consumidores do artesanato no local. Segundo o coordenador da loja, Leandro Grange, cerca de 200 estrangeiros passam pelo estande todos os dias. Nos finais de semana, a procura aumenta. “Há muitos turistas hospedados aqui no bairro por causa da Copa do Mundo. Aos sábados e domingos há apresentações teatrais e cinema no parque, então a gente acaba se beneficiando desse movimento todo”, afirma Grange.

São peças de vários tipos e preços – desde R$ 3,50 até R$ 3 mil. Tem imãs de geladeira, brincos, pulseiras, colares, sandálias, mantas e esculturas. A campeã de vendas é uma cuia feita de coco que custa apenas R$ 6,50. Mas um terço feito de capim dourado (R$ 39) e os vários tipos de brincos não ficam atrás na procura.

O suíço James Fountain comprou uma manta para dar de presente para sua mulher e elogiou a qualidade do material. “É interessante que as peças têm relação com a cultura brasileira. Então são uns souvenires muito legais, ótimas lembranças da viagem ou mesmo para dar de presente para alguém que não está aqui, que é o caso da minha mulher”, afirmou o turista.

Grange ficou bastante surpreso com o interesse dos turistas estrangeiros em tentar falar português na loja, mesmo havendo vendedores bilíngues à disposição para atender em inglês e espanhol. “Muitos tentam pedir as peças em português, mas mesmo os que não falam a nossa língua procuram pelo menos agradecer com um obrigado ou se despedir com um bom dia. Trabalho com comércio há muito tempo e nunca tinha visto isso”, explicou o coordenador da loja.

O espaço, que tem totens onde os turistas podem fazer montagens com suas fotos em várias paisagens do Brasil e procurar informações de vários pontos turísticos do país, foi montado dentro da área construída do parque, em local muito charmoso. A loja fica aberta de terça-feira a domingo, das 8h às 20h. Em dias de jogos do Brasil ou no Estádio Maracanã, o espaço fecha à tarde. O endereço é Rua Murtinho Nobre, 169.

Giuliander Carpes, do Portal da Copa no Rio de Janeiro

Notícias Relacionadas

Visitantes gastaram US$ 6,9 bilhões no país. O resultado teve forte influência da Copa do Mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+