Mais de 342 mil ingressos negociados. Terceira fase de vendas segue até 7 de abril

14/02/2013 - 13:15
Balanço da FIFA mostra que cerca de 291 mil bilhetes ainda estão disponíveis. Dois jogos estão temporariamente esgotados: a partida de abertura e o clássico Brasil x Itália

A FIFA divulgou nesta quinta-feira (14.02) os números relativos às vendas dos ingressos para a Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013. Em videoconferência com jornalistas do Brasil, o diretor de Marketing da FIFA, Thierry Weil, afirmou que 342.348 ingressos já foram negociados ao público em geral - faltando apenas dados de confirmação de pagamento para a confirmação de aquisições. Desse total, cerca de 98% são de residentes do Brasil. Mesmo assim, torcedores de 138 países garantiram entradas, com destaque para Estados Unidos, México, Espanha, Japão, Alemanha, Itália e Inglaterra.

Duas partidas já estão com os bilhetes temporariamente esgotados: a partida de abertura entre Brasil e Japão, no dia 15 de junho, em Brasília, e o clássico Brasil x Itália, em 22 de junho, em Salvador. “Dizemos que o jogo está ‘temporariamente esgotado’ porque é possível que ingressos retornem, seja por falta de pagamento, cancelamentos ou devolução de parte do montante destinado às federações que disputarão os jogos, ao Comitê Organizador Local (COL), à FIFA, à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e aos parceiros da FIFA, além dos pacotes de hospitalidade”, afirmou Weil, reiterando que ainda estão disponíveis 291.200 ingressos. Eles começarão a ser vendidos a partir das 9h desta sexta-feira (15.02).

FIFA/Divulgação#Quadro mostra a quantidade de ingressos negociados por categoria e por cidade-sede

Para a final, que será no Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 30 de junho, há ainda 2.466 assentos disponíveis, todos da Categoria 1. “A partir dessa terceira fase de vendas, os torcedores brasileiros olharão com mais interesse para os jogos que serão em suas cidades. É uma oportunidade de conhecer os estádios que receberão a Copa do Mundo em 2014 e, também, curtir partidas de grandes seleções, como Espanha, Nigéria, Itália e México”, completou. Além do jogo de abertura, em Brasília, e da partida da terceira rodada do Grupo A, contra a Itália, a segunda aparição do Brasil na Copa das Confederações também foi muito concorrida. Para o jogo contra o México, em 19 de junho, em Fortaleza, restam 4.524 ingressos. A partida com menor procura até agora é entre Taiti e Nigéria, no Mineirão, em 17 de junho: 36.964 entradas estão disponíveis.

Ao todo, foram comercializados 67.582 ingressos da Categoria 1, 84.503 na Categoria 2 e 113.790 na Categoria 3. Além disso, 51.473 foram vendidos aos patrocinadores da FIFA, a maioria dos quais realizará promoções dando aos torcedores a oportunidade de ganhar essas entradas. Outros 16.184 ingressos foram comprados pelas seleções participantes e 9.734 assentos foram vendidos pela Match Hospitality, como parte dos pacotes de hospitalidade.

FIFA/Divulgação#Número de ingressos disponíveis, por partida, para o início da terceira fase de venda

Categoria 4
O diretor de Marketing da FIFA destacou que houve um aumento na disponibilidade de ingressos na Categoria 4, mais barata, exclusiva para residentes no Brasil. “O acordo inicial com o governo era de 50 mil ingressos à disposição para a Categoria 4, mas reservamos 75 mil na venda até agora”, afirmou Weil. Outros 140 mil bilhetes dessa categoria estarão à venda nessa terceira fase.

Nova fase de vendas
A venda de ingressos nesta terceira fase é por ordem de chegada. Assim, quem fizer a solicitação primeiro, tem preferência. Todos os pedidos devem ser feitos pelo site www.fifa.com/ingressos e serão processados de acordo com a ordem de recebimento. Eles estão sujeitos à disponibilidade dos assentos em cada partida. Assim que a solicitação de ingresso for processada, os solicitantes receberão um e-mail confirmando a compra. Clientes que comprarem por boleto bancário receberão informações adicionais quanto ao processo de pagamento por boleto.

Os ingressos ainda disponíveis são os que não foram vendidos nas fases de venda iniciais ou os que forem liberados para redistribuição por outros grupos de clientes (pacotes de hospitalidade, parceiros da FIFA, Comitê Organizador Local, Confederação Brasileira de Futebol e as federações que participarão de cada jogo).

A FIFA comunicou que a disponibilidade de ingressos mudará em tempo real, à medida que sejam vendidos ou que compradores desistam de seu pedido. “É importante conferir diariamente o site, ou mais vezes por dia, para saber se um jogo está perto de se esgotar ou se novas oportunidades surgiram”.

A última chance para comprar ingressos para a Copa das Confederações, que é a chamada “fase de venda de última hora”, começará em 15 de abril e terminará em 30 de junho de 2013. As encomendas de ingressos serão recebidas pelo site www.FIFA.com ou pessoalmente, nos Centros de Ingressos da FIFA oficiais em cada uma das cidades-sede. Todos os ingressos que não forem vendidos ou que tiverem sido liberados para venda serão ofertados durante essa fase de venda.

Fases anteriores
Os primeiros ingressos começaram a ser vendidos em novembro de 2012, em pré-venda específica para titulares de cartões de crédito Visa, por ordem de chegada. Nessa fase, apenas as categorias de ingressos 1 a 3 estavam disponíveis. Até 30 de novembro, foram comercializados132.843 ingressos.

No dia 3 de dezembro de 2012, após o sorteio dos grupos da competição, iniciou-se o que a FIFA chamou de “fase de venda avançada”, com processo de solicitação para todos os jogos e categorias - inclusive a categoria 4, que é exclusiva
a pessoas residentes no Brasil. As inscrições encerraram-se no dia 15 de janeiro de 2013. A FIFA explicou que o dia e o horário da solicitação nessa fase não fizeram diferença, 
pois todas as solicitações foram processadas em conjunto. Como o número de solicitações superou o de ingressos disponíveis, um sorteio foi realizado.  A FIFA registrou quase 400 mil pedidos nessa fase. Os interessados já foram avisados sobre a aprovação ou não das solicitações.

Pessoas com deficiência
Até agora, de acordo com a FIFA, foram 918 as entradas designadas a pessoas com deficiência. Segundo a entidade. o estoque reservado por lei a essa categoria que não for comercializado até 15 de abril de 2013 ficará disponível para a venda ao público em geral.

Dúvidas
Os torcedores que tiverem dúvidas sobre o processo ou sobre algum passo da efetivação da compra podem entrar em contato direto com a FIFA.

Serviço de atendimento automático por voz: este serviço oferece aos clientes um conjunto de opções de respostas e informações automáticas, entre elas a opção de informar o número da solicitação de ingresso para conferir o andamento da mesma. Os números de telefone dos serviços de atendimento automático por voz são os seguintes:

No Brasil: 031 3330 1550

No exterior: 00 41 (0) 445 831 000

Formulário de contato on-line: pela seção Ingressos no site da FIFA (www.FIFA.com/ingressos), os torcedores podem preencher e enviar um formulário de contato. É necessário fornecer nome, endereço de e-mail e assunto (selecionado em um menu com sugestões).

O torneio

Participam da Copa das Confederações o país-sede do próximo Mundial (Brasil), o atual campeão da Copa do Mundo (Espanha) e os campeões continentais (Uruguai, México, Japão, Taiti, Nigéria e Itália – essa última se classificou ao ficar em segundo lugar na Eurocopa, vencida pela Espanha). Os grupos foram definidos em dezembro de 2012. O Brasil fará a abertura da competição contra o Japão, em 15 de junho, às 16h, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. As outras duas seleções que integram o Grupo A são México e Itália. No Grupo B ficaram Espanha, Uruguai, Taiti e Nigéria, que carimbou o passaporte ao conquistar a Copa Africana de Nações, no dia 10 de fevereiro.

» Infográfico: confira a tabela, os estádios e a distribuição dos jogos da Copa das Confederações

» Vídeo: veja a tabela completa da Copa das Confederações

Abelardo Mendes Jr - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Os legados esportivos, econômicos, de infraestrutura, de imagem e promoção do Brasil, dentre outros, serão abordados nos dois dias de palestras
+
Estruturas como o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, usado no Mundial, foram empregadas na competição de vela que está sendo realizada no Rio de Janeiro
+