Mais de 50 mil policiais serão capacitados para Copa 2014 no Paraná

05/10/2011 - 10:42
A reunião na sede da Secretaria de Estado da Segurança aconteceu sob a coordenação do secretário Reinaldo de Almeida César.

Um dos temas da reunião da Câmara Temática de Segurança Pública, da Secretaria de Estado da Copa 2014 do Paraná, realizada nesta terça-feira (04.10), girou em torno da capacitação dos policiais para a Copa 2014, uma parceria com o Ministério da Justiça, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública - Senasp. O projeto de capacitação já está em curso, habilitando os potenciais multiplicadores. “Serão capacitados 3.100 policiais multiplicadores, 1.500 especialistas e 46 mil operadores do sistema”, informou o Major PMCB Nelson Ademar Piske. “Vamos atuar com ensino à distância e cursos presenciais, utilizando academias, escolas e centros de formação”, lembrou o secretário Reinaldo de Almeida César.

“Este projeto vai envolver somente os policiais que forem destacados para atuar no mundial do Brasil. O Governo Federal vai equipar as salas de aulas com apostilas e material de trabalho e o Governo do Estado vai viabilizar os espaços físicos”, disse o secretário estadual da Copa, Mario Celso Cunha.

Também foram abordados projetos de Planejamento Estratégico de Segurança Pública para a Copa, desenvolvido pela Secretaria Extraordinária de Grandes Eventos, que tem a função de coordenar os esforços entre as doze sedes, nas esferas federal e local. Cada setor envolvido terá a sua responsabilidade, como Polícia Federal (fronteira, imigração, crimes federais, dignitários e terrorismo), Polícia Rodoviária Federal (estradas federais), Força Nacional (atuação pontual complementar), Abin (inteligência e análise de risco), Receita Federal (trânsito de mercadorias, veículos e pessoas), Polícia Militar (policiamento ostensivo e distúrbios civis), Polícia Civil (investigação e perícia), Bombeiros e Defesa Civil (incêndios, desastres naturais e saúde), Guardas Municipais (complementação da segurança ostensiva), Detran e Diretran (trânsito e deslocamentos), Forças Armadas (espaço aéreo e marítimo, defesa de fronteiras, ataques QBRN e contraterrorismo) e Secretaria de Direitos Humanos (promoção e proteção aos Direitos Humanos e ocorrências com crianças e adolescentes).
 

Leia a notícia completa

Governo do Paraná

Notícias Relacionadas

Foram registradas 5.185 demandas nos aeroportos e 75 nos estádios das 12 cidades-sede
+
Paralisação de cobradores não interferiu na circulação de ônibus nesta quinta-feira (26.06), dia do jogo Argélia x Rússia
+
Paralisação de cobradores não altera transporte público no dia da partida Argélia x Rússia na Arena da Baixada
+
Ao todo, 39 pessoas foram conduzidas à delegacia, onde foram lavrados os Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs)
+