Mato Grosso tem 7.683 capacitados pelo Pronatec Turismo

12/05/2014 - 16:12
Programa tem um saldo de 166 mil matriculados, dos quais 75.020 concluíram os cursos em 22 estados. A meta, já superada, era a de chegar à Copa do Mundo com 157 mil inscrições

O Mato Grosso foi um dos locais que mais formou profissionais nos 52 cursos do Pronatec Turismo, programa de qualificação para a Copa do Mundo. Cuiabá e outros quatro municípios matogrossenses (Poconé, Nobres, Várzea Grande e Chapada dos Guimarães) capacitaram, até o momento, 7.683 trabalhadores na ação desenvolvida pelo Ministério do Turismo. São 14.650 matrículas no estado.

O Pronatec tem um saldo de 166 mil matriculados, dos quais 75.020 concluíram os cursos em 22 estados. A meta, já superada, era a de chegar à Copa do Mundo com 157 mil inscrições. “Com o Pronatec Turismo temos a chance de suprir uma grande lacuna do turismo brasileiro, que é a carência de profissionais qualificados. Com certeza, sairemos da Copa do Mundo como um destino turístico mais competitivo”, avalia o ministro do Turismo, Vinicius Lages.

Entre as 12 cidades-sede, Cuiabá ocupa a primeira posição em número de formandos (5.893) e a segunda em inscrições (11.092). No total, foram matriculados 89.169 e formados 38.139 profissionais e pessoas interessadas em trabalhar com turismo.

O Pronatec para o segmento turístico tem ações do Pronatec Copa, Pronatec Copa na Empresa e Pronatec Social, em 120 cidades brasileiras. Entre estas cidades estão as capitais sede do Mundial, além de municípios do entorno das capitais e destinos turísticos consolidados.

Fonte: Ministério do Turismo

Notícias Relacionadas

Mundial de futebol quebrou recordes históricos e se tornou o evento mais comentado do ano nas redes sociais em todo o mundo
+
Secretário executivo do Ministério do Esporte afirma que o aprendizado adquirido com o Mundial dará melhores condições para o Brasil enfrentar os desafios da preparação do maior evento esportivo do planeta
+
Evento “Copa 2014: legados para o Brasil” mostra resultados econômicos, culturais e de infraestrutura
+