Ministério da Saúde e FIFA levam orientação para escolas

12/02/2014 - 11:17
Lançada pela FIFA, iniciativa trabalha mensagens de promoção da saúde em escolas públicas das 12 cidades-sedes da Copa, utilizando como padrinhos ícones do futebol mundial

Teve início, na segunda-feira (10.02), um curso para capacitar 242 professores da rede pública de ensino nas doze cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA 2014. Eles irão trabalhar 11 temas relacionados à saúde com crianças e adolescentes, entre 11 e 12 anos de idade.

O projeto é coordenado pela FIFA, em parceria com os ministérios da Saúde, Esporte e Educação e CBF. A ação será desenvolvida nas escolas utilizando fundamentos do futebol, como driblar, passar a bola, defender e chutar em concordância com 11 mensagens – respeite meninas e mulheres, controle seu peso, lave suas mãos, vacine-se, entre outras.

O treinamento segue até a próxima sexta-feira (14.02). Em Brasília, serão recebidos professores de Manaus, Cuiabá e Belo Horizonte. Natal, por sua vez, contará com a participação de profissionais de Fortaleza, Salvador e Recife. Já São Paulo abrigará professores do Rio de Janeiro e Porto Alegre. O curso será ministrado por profissionais da FIFA e de Curitiba, onde foi realizado projeto-piloto nas escolas no ano passado.

Técnicos do Ministério da Saúde e das secretarias de Saúde das cidades-sedes também acompanharão o curso. Em seguida, os professores estarão habilitados para retornar as suas escolas e trabalhar as mensagens com os alunos. São 11 escolas em cada cidade, sendo dois professores por escola, indicados pelas secretarias de educação e pelo Ministério da Educação.

Os temas foram definidos pela FIFA juntamente com representantes do governo brasileiro. Principais nomes do futebol mundial como Marta, Neymar Júnior, Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Didier Drogba gravaram vídeos de divulgação das mensagens que serão trabalhadas nas escolas.

11 pela Saúde

O programa 11 pela Saúde teve início na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, e consiste em utilizar 11 temas escolhidos para realizar ações no ambiente escolar. Cada tema tem um ícone do futebol como padrinho.

As aulas acontecerão no contra turno escolar durante 11 semanas, sendo divididas em dois momentos: Jogue futebol e Jogue limpo. Uma vez por semana, durante 45 minutos de treinamento, serão testadas habilidades técnicas do futebol que inspiraram os fundamentos. Após essa introdução, os alunos são convidados a vivenciar o tema utilizando-o para o entendimento da mensagem em destaque.

Um representante da FIFA será responsável por visitar as escolas e acompanhar as aulas. A entidade também irá ceder todos os equipamentos necessários às aulas para as escolas, como bolas, coletes, cones, apitos, pôsteres, cronômetros e planilha para acompanhamento de frequência.

Jogue futebol

Jogue limpo

1 Aquecer  

Jogue futebol

2 Passar a bola

Respeite meninas e mulheres

3 Cabecear    

Proteja-se contra o HIV e DSTs

4 Driblar

Não use drogas, álcool e tabaco

5 Controlar a bola

Controle seu peso

6 Defender

Lave suas mãos

7 Dominar a bola   

Beba água tratada

8 Entrar em forma 

Siga uma dieta balanceada

9 Chutar      

Vacine-se

10 Impedir os gols 

Tome os remédios prescritos

11 Trabalhar em equipe

Jogue Limpo

Fonte: Ministério da Saúde

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+