Pacientes do projeto Andar de Novo já podem controlar o exoesqueleto

26/03/2014 - 11:30
Informação foi divulgada pelo neurocientista Miguel Nicolelis no facebook. Veste robótica será usada por paciente paraplégico para o pontapé inicial da Copa do Mundo

www.facebook.com/pages/Miguel-Nicolelis/207736459237008?fref=ts#

O neurocientista Miguel Nicolelis informou, nesta terça-feira (25.03), pelo  facebook, que os oito pacientes do Projeto Andar de Novo já estão aptos a controlar os movimentos do exoesqueleto usando a atividade elétrica cerebral.

O coordenador do projeto divulgou um vídeo em que um dos pacientes, pela primeira vez, controla os movimentos de um andador robótico que simula o funcionamento do exoesqueleto. “O princípio está provado! Mais uma etapa vencida!”, disse Nicolelis na rede social.

O exoesqueleto é uma veste robótica que ajudará pacientes com paraplegia a voltarem a andar. Eles poderão controlar o exoesqueleto apenas com atividade cerebral. As mensagens fornecidas pelo cérebro, como a vontade de andar, de se mexer ou de parar, serão captadas pelo robô para que os movimentos sejam gerados. E o exoesqueleto também devolverá ao paciente sensações do mundo exterior.

Oito pacientes paraplégicos foram selecionados na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), em São Paulo, onde foi criado um novo laboratório de neuro-robótica em que os testes estão sendo realizados.

Usando o exoesqueleto, um desses pacientes será escolhido para par o pontapé inicial da Copa. Ele vai se levantar da cadeira de rodas, caminhar por cerca de 25 metros no campo da Arena Corinthians, em São Paulo, no dia 12 de junho, e dar início à Copa do Mundo da FIFA 2014.

 

Leia também:

» Exoesqueletos do Projeto Andar de Novo chegam ao Brasil

» Pontapé inicial da Copa: Projeto Andar de Novo entra na fase de testes com pacientes brasileiros

» Pesquisadores do Projeto Andar de Novo compartilham expectativas sobre o pontapé inicial da Copa 


Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Aeroportos, segurança pública e atrativos turísticos têm mais de 80% de aprovação entre os profissionais de imprensa
+
Ao todo, 1,6 milhão de passageiros passaram pelos terminais entre 10/6 e 13/7. A cada 10 passageiros que desembarcaram no país, um passou pela capital
+
Principais emissores de turistas foram Argentina, Chile, Colômbia e Estados Unidos
+