Para Ronaldo e Blatter, atuar na Europa daria mais chances a Neymar na Bola de Ouro

29/11/2012 - 12:36
Ex-jogador e presidente da FIFA afirmaram durante o anúncio dos finalistas da Bola de Ouro, nesta quinta-feira, que se atleta santista estourar na Copa de 2014 também poderá levar prêmio

Único representante brasileiro na lista de 23 jogadores indicados ao prêmio Bola de Ouro, Neymar ficou fora do grupo de finalistas, anunciado pela FIFA, nesta quinta-feira (29.11), em São Paulo. O ex-jogador Ronaldo, que ganhou o prêmio de melhor do mundo por três vezes, acredita que o atleta santista terá mais chances de ocupar o posto de número 1 do futebol mundial se jogar uma grande Copa em 2014 ou se transferir para a Europa.

“O Neymar está na lista dos 23 e é um grande reconhecimento para quem joga no Brasil, mas acho que para ele ser o melhor precisa jogar em um grande clube na Europa. Ou terá que arrebentar em 2014 na Copa, pela Seleção, porque o mundo não conhece o futebol do Neymar como nós. Dependendo da ambição dele, de ser o melhor do mundo, o caminho mais curto é jogar em um grande clube da Europa”, comentou.

O presidente da FIFA, Joseph Blater, tem opinião semelhante. “Volto a uma questão que me foi colocada hoje cedo por um jornalista brasileiro: será que um jogador tem que jogar na Europa para ser nomeado o melhor do mundo? Neymar é um jogador excepcional. Eu disse que ele poderia estar na seleção dos 11 melhores ou como o melhor do mundo em 2014, dependendo de como atuar pela seleção na Copa, mas nos clubes, o foco está nas grandes ligas europeias, que são mais fortes. Então é difícil um jogador que não joga num time europeu entrar na lista, mas a qualidade do futebol dele é excelente”.

Apesar de não estar entre os finalistas da Bola de Ouro, Neymar poderá buscar o bicampeonato do prêmio Puskás, de gol mais bonito do ano. Ele concorrerá com os gols anotados pelo colombiano Falcao García, do Atlético de Madri, e pelo eslovaco Miroslav Stoch, do Fenerbahce.

“Eu vi os gols, são os mais bonitos da temporada. Neymar já ganhou no ano passado e está na disputa de novo. É bom para o futebol brasileiro e mundial e premia sempre o jogador mais ousado e com talento. Qualquer um que vença será merecedor”, opinou Ronaldo.

Os três finalistas do prêmio Bola de Ouro de 2012 são o argentino Messi, o espanhol Andres Iniesta, ambos do Barcelona, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. A entrega do prêmio de melhor jogador do mundo de 2012 será em 7 de janeiro, em Zurique, na Suíça.

Gabriel Fialho - Portal da Copa

Notícias Relacionadas

Mais de dois mil itens, entre televisores, computadores e telefones celulares, serão entregues a 64 escolas das doze sedes, além de 26 organizações não-governamentais
+
No período do Mundial, a capital federal recebeu 633 mil visitantes, sendo 488.903 brasileiros e 143.743 estrangeiros. Números superaram as estimativas iniciais
+
Foi movimentado mais de um bilhão de reais na economia do estado, que recebeu 160 mil turistas estrangeiros e teve taxa média de ocupação hoteleira de 80%
+